10 livros que serão adaptados para o cinema em 2019


Quase todo final de ano, tenho o hábito de publicar uma lista com os livros que ganharão adaptações para o cinema. Aquele enredo literário que você devorou, chorou e se emocionou e que algum produtor de Hollywood, após lê-lo, achou que daria um ótimo filme. Selecionei 10 livros que em 2019 estarão indo parar nas telonas.
Vamos à eles!
01 – O Pintassilgo (Donna Tart)
Este livro muito elogiado pela crítica e também pelos leitores deu a escritora americana, Donna Tart o prêmio Pulitzer de ficção em abril de 2014, um dos principais em língua inglesa. Vendeu aproximadamente 2 milhões de exemplares, além de ter sido publicado em 28 línguas. Pois é, já deu prá ver que o livro é bom, de fato.
No enredo, Theo Decker, nova-iorquino de treze anos, consegue sobreviver milagrosamente a um acidente que mata sua mãe. Logo depois, o pai o abandona, mas a família de um amigo rico acaba o adotando.
A partir daí a sua vida se transforma num verdadeiro inferno: desnorteado em seu novo e estranho apartamento na Park Avenue, ele passa a ser perseguido por colegas de escola com os quais não consegue se comunicar e, como não bastasse, continua atormentado pela ausência da mãe.
Para aliviar um pouco o seu sofrimento, Theo se apega a uma lembrança poderosa de seu último momento ao lado da mãe: uma pequena, misteriosa e cativante pintura que acabará por arrastá-lo ao submundo da arte. Já adulto, Theo circula com desenvoltura entre os salões nobres e o empoeirado labirinto da loja de antiguidades onde trabalha. Apaixonado e em transe, ele será lançado ao centro de uma perigosa conspiração.
O elenco do filme – que deverá estrear nos cinemas em 11 de outubro de 2019 - contará com Ansel Elgort (A Culpa é das Estrelas), que desempenhará o papel principal, ou seja, Theo Decker, ao lado de Willa Fitzgerald (Little Women)Jeffrey Wright (Westworld) e a estrela do seriado Stranger Things, Finn Wolfhard.
02 – A Mulher na Janela (A.J. Finn)
A tal mulher na janela é Anna Fox, uma psicóloga de crianças que já foi muito respeitada, mas após sofrer um trauma, não consegue mais sair de sua casa. Ela passa os seus dias assistindo a filmes antigos, bebendo muito vinho, conversando com estranhos na internet e espionando os vizinhos. Quando os Russells – pai, mãe e o filho adolescente – se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê na casa deles algo que a deixa aterrorizada, fazendo o seu mundo – e seus segredos chocantes – começar a ruir. Como ela não consegue sair para investigar ou convencer alguém do que viu, incluindo a polícia, Anna passa a duvidar se viu mesmo alguma coisa. 
Só posso contar até aí, se eu avançar mais do que isso, com certeza estarei liberando spoilers. E, claro, não quero isso aconteça em hipótese alguma.
Dan Mallory que assinou a obra com o pseudônimo de A.J. Finn ficou famoso da noite para o dia. Ele lutou por 15 anos contra uma depressão e após ficar curado, resolveu escrever um livro como hobby, unicamente para passar o tempo e deu no que deu: um grande sucesso de vendas.  Vale lembrar que o enredo tem muitas semelhanças com o clássico “Uma Janela Indiscreta” de Alfred Hitchcock.
A adaptação cinematográfica de “A Mulher na Janela” pela 20th Century Fox deve estrear no começo de outubro. A personagem principal, Anna Fox será interpretada pela atriz Amy Adams, a Lois Lane – namorada do Superman – nos filmes Batman vs Superman: A Origem da Liga e Liga da Justiça.  A direção caberá a Joe Wright (O Destino de Uma Nação).
03 – Histórias Assustadoras para Contar no Escuro (Alvin Schwartz)
O filme baseado no livro de contos de horror voltado ao público infantil será produzido pelo conhecido cineasta Guillermo Del Toro que venceu, recentemente, o Oscar de Melhor Direção por “A Forma da Água”.
O livro de Alvin Schwartz e ilustrado por Stephen Gammell se tornou tão popular na Terra do Tio Sam que virou até tema de um documentário chamado Scary Stories (2017) que contou com depoimentos de artistas respeitados no gênero terror, como R. L. Stine (Goosebumps). O filme terá direção de André Øvredal de A Autópsia.
Quanto a obra literária lançada originalmente em 1981, trata-se de uma seleção de contos de terror, histórias de vinganças cruéis e relatos sobrenaturais, recontados por Schwartz. O autor americano que faleceu em 1992 escolheu as histórias do folclore americano e as lendas urbanas mais inquietantes e que fazem todo mundo tremer de medo há muito tempo.
Na realidade, o livro funciona quase como um guia para passar o medo aos outros, ensinando o leitor ser um verdadeiro contador de histórias. O autor mostra várias versões de um mesmo conto com uma base de fontes de lendas que aparecem no final da obra e explicam um pouco mais sobre as histórias.
No primeiro capítulo Schwartz ensina como amedrontar. Nos outros temos histórias de fantasmas, de bruxas, cadáveres, criaturas estranhas e histórias mais modernas e por fim, os contos de terror mais engraçados.
“Histórias Assustadoras para Contar no Escuro” foi lançado no Brasil em 2016 pela editora José Olympio e pode ser encontrado facilmente nas livrarias.
04 – Cadê Você, Bernadette (Maria Semple)
O filme está previsto para estrear nos cinemas brasileiros em 25 de abril de 2019. A atriz australiana Cate Blanchett irá viver nas telonas, a personagem Bernadette Fox. Uma arquiteta que sofre de agarofobia – o medo de estar em lugares abertos ou em meio a multidões – que antes de viajar com sua família para a Antártica – some sem deixar pistas. Sua filha, então, através de e-mails, sessões com sua psicóloga, cartas e outros do documentos, tenta descobrir para onde sua mãe foi e quais foram as razões de seu desaparecimento.
“Cadê Você, Bernadette?” pode ser considerada uma contundente comédia dramática de costumes sobre uma família americana em crise. O livro trata do amor incondicional de sua filha por sua mãe imperfeita.
A obra foi publicado em 2012 pela escritora norte-americana Maria Semple. Antes de se tornar uma escritora de romances, ela era roteirista de sitcoms em Los Angeles, entre seus trabalhos nesse meio estão as séries Mad About YouEllen,Arrested Development e Barrados no Baile. Em certo ponto da carreira, Semple escreveu até mesmo para o Saturday Night Live e para o programa Ellen.
O filme baseado em seu segundo livro é aguardado com muita expectativa. O trailer já está bombando nas redes sociais.
05 – Cemitério Maldito (Stephen King)
Em “Pet Sematary” – título original da obra de Stephen King e que significa “Cemitério de Animais” - uma família se muda para uma nova casa, localizada nos arredores de um antigo cemitério amaldiçoado, usado para enterrar animais de estimação, mas que já foi usado para sepultamento de indígenas. Algumas coisas estranhas começam a acontecer logo depois que o gato de estimação da família morre atropelado e é enterrado no misterioso local. Neste momento, a outrora tranquila rotina de vida dos moradores se transforma num verdadeiro pesadelo.
A boa notícia para cinéfilos e leitores, fãs de King, é que Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, diretores do remake “Cemitério Maldito” - que estreia nos cinemas no dia 05 de abril - disseram que a nova versão será fiel ao aclamado livro do autor. Isto significa que não teremos aquelas cenas ou personagens estranhos que fogem do contexto original.
Na trama, "O médico Louis Creed muda com a mulher e dois filhos pequenos para uma casa de campo em Ludlow, Maine. Em frente à casa passa uma rodovia movimentada e, atrás, há um cemitério de animais. Por meio do velho Crandall, seu vizinho, Creed descobre também perto dali um antigo cemitério indígena, que tem o poder de mandar de volta à vida os corpos enterrados nele. Quando seu filhinho Gage morre atropelado, Creed resolve enterrá-lo no cemitério indígena e esperar por sua ressurreição.
O elenco do filme conta com Amy Seimetz (Alien: Covenant), Jason Clarke (A Maldição da Casa Winchester), John Lithgow (da série The Crown“ e a estreante atriz Alyssa Brooke Levine. A direção está a cargo da dupla Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, que comandaram juntos o terror Starry Eyes. Jeff Buhler (da série Nightflyers) é o responsável pelo roteiro.
06 – As Crônicas de Nárnia – A Cadeira de Prata (C.S.Lewis)
Quem assistiu e gostou dos três filmes – O leão, a feiticeira e o guarda roupa (2005), Príncipe Caspian (2008) e A viagem do peregrino da alvorada (2010) - baseados na série de livros “As Crônicas de Nárnia” de C.S. Lewis, não vê a hora da chega da quarta produção que se chamará “A Cadeira de Prata”.
A pré-produção do filme que deve estrear em 2019, mas sem uma data exata definida, teve início em julho de 2018. Quanto as filmagens que acontecem na Nova Zelândia começaram no final daquele mesmo ano.
O diretor Joe Johnston (Capitão América: O Primeiro Vingador) confirmou em entrevista ao canal Clone Web que As Crônicas de Nárnia – A Cadeira de Prata será um pouco mais sombrio do que os outros três filmes da saga. “A Cadeira de Prata” é o  livro mais sombrio de todos, eu acho. É uma literatura clássica, acho que o trabalho de C.S. Lewis é incrível, mesmo sendo para crianças. Será divertido. Quero que o público olhe para o “Cadeira de Prata” e pense essa é uma visão totalmente nova de “As Crônicas de Nárnia”. Não quero nem referenciar os outros filmes. É como começar algo totalmente novo", disse Johnston.
A Sony Pictures, responsável pelas filmagens divulgou a sinopse: "60 anos após os acontecimentos de ‘As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada', o rei Caspian já é um homem velho e com problemas de saúde, em breve morrerá. Dez anos atrás, sua esposa foi morta por uma serpente e o seu único filho, Rilian, desapareceu sem deixar rasto, deixando Nárnia sem um herdeiro. Muitos dos maiores heróis de Nárnia partiram em busca do príncipe, mas nunca voltaram. Aslan recrutou as crianças Jill e Eustáquio para encontrar o príncipe perdido. Através de perigos incontáveis e cavernas profundas e escuras, o nobre grupo de amigos percorrem a missão que os levará cara a cara com um mal muito mais bonito e mortal do que eles imaginavam"
O novo filme não terá ligação com os três anteriores, que haviam sido produzidos pela Walt Disney.
07 – O Dia Seguinte (Rhidian Brook)
O filme “O Dia Seguinte” é baseado na obra homônima do escritor galês Rhidian Brook. O livro lançado em 2014 foi um grande sucesso e vendeu ‘horrores’ em todo o mundo. Agora, após quase cinco anos, vai parar nas telonas.
“O Dia Seguinte” tem como protagonistas Keira Knightley (Beleza Oculta), Alexander Skarsgard (da série Big Little Lies) e Jason Clarke (A Maldição da Casa Winchester). A produção será da Fox Searchlight.
Conforme noticiado pelo The Hollywood Reporter, o filme será lançado em 26 de abril de 2019, mas apenas em circuito limitado, não havendo ainda uma previsão de quando o longa será lançado no circuito comercial.
O filme será ambientado em uma Alemanha pós Segunda Guerra Mundial, acompanhando a história de Rachael Morgan (Knightley), que se muda para uma Hamburgo em ruínas para acompanhar seu marido, Lewis Morgan (Clarke), um coronel britânico encarregado de comandar a reconstrução da cidade. Rachael acaba tendo uma grande surpresa ao descobrir que ela e o marido precisarão dividir sua nova casa com os antigos proprietários da mesma, um viúvo alemão (Skarsgård) e sua filha problemática.
Ridley Scott (Todo o Dinheiro do Mundo) será o produtor executivo do filme, que conta com o roteiro da dupla Joe Shrapnel e Anna Waterhouse (Raça). A direção é de James Kent (Juventudes Roubadas).
08 – A Cinco passos de Você (Rachael Lippincott, Mikki Daughtry e Tobias Iaconis)
Em fevereiro, a editora Globo Alt estará lançando em todo o território nacional o livro “A cinco Passos de Você” O romance arrancou tantas lagrimas dos gringos que acabou ganhando uma adaptação cinematográfica. Se o livro chega em fevereiro por aqui, o filme será lançado no mês seguinte.
A produção cinematográfica traz Haley Lu Richardson (Fragmentado) e Cole Sprouse (Riverdale) dando vida aos protagonistas Stella e Will. A direção será de Justin Baldoni.
O drama juvenil vai acompanhar dois adolescentes que lutam contra a fibrose cística.
Na trama, depois de viver a maior parte de sua vida no hospital, a jovem Stella Grant, com quase 17 anos, encontra o charmoso Will Newman, que também sofre da mesma doença. Embora surja uma paixão instantânea entre os dois, suas condições de saúde impedem que eles cheguem muito perto um do outro, e Stella tenta ajudar Will, que se rebela contra seus tratamentos médicos.
Epa! Parece que eu já vi esse filme antes. Lembram-se de “A Culpa é das Estrelas”? Ou será que estou enganado? Bem, melhor deixar pra lá.
Confira a sinopse oficial:
Stella Grant tem quase 17 anos de idade, vive conectada ao seu laptop e ama seus melhores amigos. Mas ao contrário da maioria das adolescentes, ela passa grande parte do seu tempo vivendo em um hospital como paciente com fibrose cística. Sua vida é cheia de rotinas, limites e autocontrole – tudo isso é testado quando ela encontra um paciente incrivelmente charmoso chamado Will Newman. Há um flerte instantâneo, embora as restrições determinem que eles devem manter uma distância segura. À medida que a conexão se intensifica, aumenta a tentação de jogar as regras pela janela e abraçar essa atração. Para complicar ainda mais, Will desenvolve uma rebelião potencialmente perigosa contra seu tratamento médico. Stella gradualmente inspira Will a viver a vida ao máximo, mas ela poderá salvar a pessoa que ama mesmo quando um único toque ultrapassa os limites?
09 – O Motivo – Saga Mundo em Caos (Patrick Ness)
O livro “O Motivo” da série “Mundo em Caos”, de Patrick Ness (autor de “Sete Minutos Depois da Meia-Noite”), foi lançado pela editora Pandorga em 2008 e só agora ganha as telonas do cinema.
Na realidade, o filme será uma adaptação de toda a franquia literária “Mundo em Caos” e este deve ser o título do lançamento no Brasil.
A trama se passa em outro planeta, após a Terra ficar inabitável. Quando um vírus infecta a civilização, fazendo com que todos os pensamentos sejam escutados, o caos se instala e abre caminho para um autocrata corrupto (Mads Mikkelsen, de Rogue One) culpar os nativos do planeta pelo problema. Resta ao adolescente Todd Hewitt (papel de Tom Holland da franquia Homem Aranha) tentar impedir o genocídio.
Daisy Ridley (Star Wars: Os Últimos Jedi), por sua vez, interpreta Viola, uma garota descoberta por Todd num lugar onde nenhuma mulher deveria existir. Para complicar ainda mais, ela é a única pessoa que consegue esconder seus pensamentos, tornando-a particularmente ameaçadora para os homens que dominam aquele mundo.
A adaptação deve chegar aos cinemas dos Estados Unidos no dia 1º de março de 2019, porém sem data ainda confirmada para desembarcar no Brasil.
10 – It: A Coisa (Stephen King)
It – A Coisa” e “It - Parte I” foram duas histórias assustadoras que li e assisti. Primeiro, assustei-me com o livro e depois com o filme.
O enredo de ambos, contam a história de sete amigos adolescentes que enfrentam uma criatura centenária que se alimenta do medo das pessoas e se apresenta de diversas formas, sendo a mais comum, num palhaço de nome Pennywise ou Parcimonioso.
A criatura que ficou conhecida como “A Coisa” deixa um rastro de sangue e pavor na pacata cidade de Derry, onde mata várias crianças. É então que um grupo de sete adolescentes inseparáveis (Bill, Richie, Eddie, Stanley, Beverly, Mike e Ben) resolvem se unir para combater o ser monstruoso. E na batalha que acontece em 1958, eles conseguem, com muito esforço, derrotar o maligno Pennywise e saírem vivos. Mas após 27 anos, “A Coisa” volta a atacar e os sete amigos, já adultos e longe um do outro, tem que se reunir novamente para a batalha final. Na primeira vez, quando crianças, eles conseguiram vencer a Coisa e ficarem vivos; mas e agora, na luta final? Quem sobreviverá e quem morrerá?
O livro de Stephen King é claustrofóbico, angustiante, tenso e mete medo pra caramba. Enfim, tudo o que uma obra de terror que se preze deve ter.
Em 2017, passou nos cinemas a primeira parte da adaptação do livro de King apresentando os personagens principais ainda crianças. Agora, no dia 06 de setembro de 2019, os cinéfilos poderão assistir a 2ª parte do filme que apresentará os sete amigos já adultos que terão de enfrentar, novamente, o palhaço maligno.
Taí galera, escolhem seus livros, filmes e... bom divertimento!

2 comentários