Trocas Macabras chegou. Leland Gaunt veio me visitar no sábado

2 comentários

Depois de quase uma semana, estou de volta com uma nova postagem. Reconheço que nos últimos dias tenho quebrado a regra de publicar dois posts semanais no blog, mas tenho um motivo justo para isso. Se quiserem saber, acessem aqui onde dou mais detalhes. Mas o importante dentro desse contexto é que esse atraso não será vitalício. Tão logo consiga concluir o trabalho que estou fazendo – a previsão é para dezembro, bem antes do Natal – voltarei ao esquema normal de postagens. Mas mesmo entupido de trabalho até pescoço se sobrar algum tempinho extra, claro, que pintarão por aqui duas ou mais postagens semanais.

Bem, mas vamos ao que interessa. Ontem, Leland Gaunt veio me visitar. Ele bateu na porta de casa e cara! Que surpresa! Calma aí galera, não estou delirando, o que quero dizer é que o tão aguardado relançamento do selo Suma da editora Companhia das Letras chegou ontem em casa. Eu estava trabalhando no tal projeto que brecou as minhas postagens habituais no blog quando o entregador de uma transportadora chegou com a encomenda. Na hora, quando bati os olhos, pelo tamanho da caixa, já tive a certeza de que se tratava de Trocas Macabras que havia comprado há “uns” dez dias em pré-venda. Depois que estava sozinho com o livro em mãos gritei algo que jamais os moradores Castle Rock gritariam: “Seja bem-vindo Leland Gaunt!”,

Edição da Francisco Alves de 1991
Cá entre nós, Trocas Macabras mereceu ser selecionado para integrar a coleção “Biblioteca Stephen King” da qual faz parte somente obras raras do autor. Trata-se de um livro com edição única, preço absurdamente alto nos sebos, poucos exemplares existentes no mercado e enredo cultuado pelos fãs do autor. Enfim, todos os atributos que uma obra rara deve ter.

O livro foi lançado em 1991 pela editora Francisco Alves na icônica coleção Mestres do Horror e da Fantasia. Ele só teve uma edição e depois “Zefini”, simplesmente desapareceu das livrarias. Os leitores que quisessem ler a história macabra protagonizada por Leland Gaunt! teriam que desembolsar preços astronômicos nos sebos que variavam de R$ 300,00 a R$ 400,00.

Agora, depois de tanta demora e expectativa, a Suma brinda os fãs do mestre do terror com essa joia rara. Seguindo o mesmo projeto gráfico dos outros cinco exemplares – Cujo, A Hora do Lobisomem, O Iluminado, A Incendiária e A Metade Sombria - que compõem da icônica coleção lançada pela Suma em 2016, Trocas Macabras aterrissou por aqui em capa dura, 656 páginas em papel de altíssima qualidade, cinco marcadores com detalhes dos cinco livros da coleção, um sinalizador de porta aberta ou fechada igualzinho ao da loja de Gaunt, além de um layout mucho loko – no bom sentido. Todo em verde com imagens em detalhes pretos e as letras na tonalidade branca.

Acompanhando a obra os cinco marcadores de páginas

O cenário de Trocas Macabras é a cidade de Castle Rock que já fez parte de outras histórias  do autor, como O Corpo, Cão Raivoso, A Metade Negra e Zona Morta. A cidade segue pacata como sempre até a chegada de um homem estranho chamado Leland Gaunt que decide abrir uma loja de antiguidades chamada “Coisas Necessárias”. A sua loja passa a ser incrivelmente visitada pelos moradores da cidade, onde por mais irreal que possa parecer, eles sempre encontram o que mais precisam em estoque. E para ter o objeto de seu desejo, basta que esse morador preste um pequeno favor ao misterioso comerciante:  praticar um trote em alguém, algo simples, só para assustar e sem nenhuma consequência.

Outro brinde: sinalizador de porta aberta/fechada
 A partir daí o clima ferve em Castle Rock e a outrora cidade pacata, acaba se transformando num inferno, num verdadeiro pé de guerra.

Trocas Macabras foi adaptado para os cinemas em 1993 e apesar de não ter alcançado resultados tão grandiosos e tão marcantes quanto outras adaptações (O Iluminado, de Stanley Kubrick, por exemplo), o filme do diretor Fraser Clarke Heston tem as suas virtudes e agradou grande parte dos cinéfilos.

Adivinhem se apesar de eu estar entupido de trabalho não vou arrumar um tempinho extra para devorar as mais de 650 páginas de Trocas Macabras.

Inté!

2 comentários

  1. Uauuuuu! Tá lindo! Tomara que mandem os marcadores msm pra quem não comprou em pré-venda! Acabei de fazer o pedido #ansiosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que os marcadores cheguem no seu pedido. Eles são fantásticos, todos trabalhados com detalhes das capas dos livros. Ah! tem o sinalizador de porta aberta/fechada, também.
      Torcendo para que eles cheguem junto com o seu livro.

      Excluir