Os Intrusos

2 comentários

Mesmo gostando de comprar os meus próprios livros, além de ter uma estante com várias obras ainda não lidas, não perdi o hábito de frequentar a biblioteca pública de minha cidade. Conhecem aquela música do Roberto Carlos, “Força Estranha”? Pois é, algo parecido com aquilo. Aliás acho que os verdadeiros devoradores de livros acabam tornando-se vítimas dessa força estranha que volta e meia os arrastam para dentro de uma biblioteca.

Em uma das minhas visitas acabei me deparando com um livro chamado  Os Intrusos de uma autora chamada Pat Montandon da qual nunca havia ouvido falar. No momento em que estava para devolver, novamente, o livro em seu lugar na estante, escuto a voz da bibliotecária que diz:

- Este livro é muito bom. Gosto de histórias de terror verdadeiras. Essa aí é do tipo aquela casa assombrada que enxotou os seus moradores para fora. – Pronto, depois dessa pequena explicação da moça que estava sentada, tranquiliamente, atrás de uma mesa e que parou de ler um livro para falar comigo, a minha curiosidade ficou a mil por hora, afinal de contas amei a tal casa mal-assombrada a qual ela se referiu. Trata-se de Horror em Amityville, um dos meus preferidos.

Resultado: retirei o livro, mais uma vez, da estante e acabei levando para casa. Surpresa: Depois que o li fiquei sabendo que se trata de uma obra rara, esgotada em quase todos os sebos do País; e quando digo “em quase”, estou querendo dizer que encontrei um exemplar de Os Intrusos em apenas um sebo em toda Estante Virtual e Mercados Livres da vida. Ah, o preço. Segura aí na cadeira: duzentas e cinquenta pilas! Isto mesmo, R$ 250,00 para uma obra, razoavelmente conservada, com algumas rasuras, lançada em 1975. Cara, e acredite, eu estava rejeitando uma preciosidade dessas!!!! Posso dizer que o preço justifica o conteúdo da obra que é muito bom. Evidentemente não atinge o nível de excelência de um Horror em Amityville ou de um O Exorcista, mas posso afirmar que tem muitas qualidades e o seu enredo consegue segurar o leitor. Confesso que fiquei muito impressionado com o enredo baseado em fatos reais. Algumas passagens me deixaram arrepiado, da mesma maneira que fiquei ao ler os livros de Jan Anson e William Peter Blatty. Na verdade sempre fiquei com... medo. Pronto falei, medo mesmo, sou medroso com relação a histórias reais de terror. E já que deixei escapar o meu segredo, já escancaro tudo de uma vez, anote aí, leio os livros dos demonologistas e Lorraine Warren com a luz do quarto acesa, se for obrigado a lê-los de noite. Com Os Intrusos não corri esse risco e optei por lê-lo durante o dia.

Os Intrusos é a história angustiante de um encontro quase fatal com as forças das trevas e da malevolência. A escritora Pat Montandon, também uma conhecida apresentadora de talk show da Costa Oeste, nos Estados Unidos, era uma pessoa cética e não tinha motivos para acreditar no poder do sobrenatural, até o momento em que se mudou para um apartamento espaçoso em uma casa com vista para a Baía de São Francisco, um apartamento que parecia oferecer refúgio em sua carreira estressante.

Depois de um trágico acidente com um amigo que visitava a sua casa, ela foi forçada a reconhecer que estava presa em uma luta mortal com forças sombrias e ameaçadoras.

Os estranhos fenômenos na casa de Pat tiveram início quando ela promoveu uma festa que teve como tema a astrologia. Segundo ela, tudo começou a sair dos trilhos quando um leitor de tarô, contratado para entreter o evento acabou tendo um desentendimento com a anfitriã, sendo expulso da festa, juntamente com a sua comitiva. Ao sair, o homem furioso gritou uma maldição tanto para a Pat quanto para a sua casa.

Nos dois anos seguintes, a mulher sofreu uma estranha sequência de infortúnios que ela só conseguia explicar como emanados de alguma influência malévola. Seu apartamento foi repetidamente vandalizado e destruído pelo fogo, seu carro destruído várias vezes, sua carreira interrompida, seus romances arruinados.

Pensou que acabou? Tem mais: um frio cortante perfurou seu apartamento o ano todo, apesar das repetidas tentativas de consertar o sistema de aquecimento, e as janelas de batente, trancadas por dentro, de repente se abriam, sem explicação.

Investigadores psíquicos que estudaram a casa encontraram fenômenos bizarros e inexplicáveis. Até mesmo um exorcismo chegou a ser executado. Brrrrrrrrrr!!

Caráculas, me arrepiou, mas gostei do livro.

Agradeço o alerta da bibliotecária.

 

2 comentários

  1. Vortei, Zé...

    https://atoraugustosales.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Caráculas, demorou heimm?!
    Já li o post sobre a Morte do Superman. Muito bom:)

    ResponderExcluir