A curtida de Joel Dicker no Insta do Livros e Opinião


No início dessa semana ao acessar o Instagram do Livros e Opinião tive uma surpresa, aliás uma grata surpresa: vi que o escritor Joel Dicker havia curtido três publicações minhas relacionadas ao seu mais famoso livro A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert, incluindo a resenha da obra. Por que fiquei surpreso? Simples. Dicker é considerado na atualidade um dos escritores mais conceituados em todo o mundo, apesar de sua pouca idade, 35 anos. A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert que foi o seu livro de estreia – lançado em 2012 - teve os direitos de tradução vendidos para 32 países, além de receber diversos prêmios europeus de literatura. Ah! O enredo também foi transformado numa série de TV de muito sucesso com o ator Patrick Dempsey num dos papéis principais.
Vejam bem, um escritor famoso de outro país – Dicker é suíço – curtindo a publicação de um blog brasileiro e ainda por cima, um blog pequeno, aliás muito pequeno e humildizinho, foi motivo de grande alegria para mim. O cara estava em outro país, acostumado com as redes sociais desse país, com os blogueiros, também desse país e mesmo assim, conseguiu localizar um pequeno blog num outro país e bem distante.
Acredito que Dicker deva ter fuçado pacas para chegar a esse post do Livros e Opinião ou quem sabe, ainda, encontrou a minha resenha na mais pura coincidência. Não importa, o que interessa é que ele gostou e consequentemente curtiu. Confesso que serviu de grande estímulo para mim.
Por isso, gostaria de compartilhar esse momento feliz com a galera que segue o Livros e Opinião nas redes sociais (Blog, Fanpage, Instagram e Twiter). Saibam que vocês são maravilhosos e devo muito a esse apoio. Cada vez que escrevo uma postagem, escrevo pensando em como vocês irão recebe-la. Só tenho que agradeço-los. Assim, nada mais justo do que compartilhar a minha alegria.
Só lembrando que a editora Intrínseca lançou em no início dess ano o mais novo romance do escritor suíço: O Desaparecimento de Stephanie Mailer. Neste livro, acompanhamos a vida dos moradores de Orphea, uma pequena e pacata cidade balneária nos Hamptons. Na noite de estreia do primeiro Festival de Teatro da cidade, em 1994, um crime terrível acontece: o prefeito e sua família são brutalmente assassinados, assim como outra moradora da região, testemunha do crime.
Vinte anos depois, Jesse Rosenberg, um dos policiais responsáveis pela resolução do homicídio, está prestes a se aposentar quando a jornalista Stephanie Mailer afirma que houve um gravíssimo erro na investigação. Poucos dias depois, ela desaparece misteriosamente.
À exemplo de seu romance de estreia O Desaparecimento de Stephanie Mailer, está repleto de reviravoltas e pistas falsas o que certamente fará com que o leitor não desgrude do livro em nenhum momento.

Nenhum comentário