“O Hobbit” – edição ultra luxuosa da HarperCollins chega ao Brasil em julho

Mesmo já tendo adquirido “O Hobbit” há muito tempo e relido a história do antológico Bilbo Bolseiro várias vezes, não posso negar que estou louco para comprar o livro novamente. Parece loucura, não é? “Você já tem o livro, já leu a história três, quatro ou cinco vezes, e mesmo assim quer compra-lo de novo”.
Pois é, a culpa dessa vontade maluca é da editora HarperCollins que decidiu relançar a obra, em 15 de julho próximo, com todos os aparatos de uma popstar. Verdade! É como se essa nova edição fosse uma popstar famosa e cheia de talentos que todo mundo estivesse desesperado para assistir a sua apresentação. Sei que a comparação é amalucada, mas fazer o que? Acho que o sentido da ‘coisa’ é por aí mesmo.
Cara, a edição que a HarperClllins já está divulgando na mídia e nas redes sociais é divinamente fantástica. Daquelas de deixar qualquer leitor apaixonado e qualquer colecionador com taquicardia. Confira só as características dessa “popstar”: capa dura com uma ilustração original da Terra Média feita por J.R.R. Tolkien, escaneada em alta resolução; capas internas com imagens de mapas, também da Terra Média; papel de qualidade; além de um super pôster. Ah! Não posso me esquecer da nova tradução.
E por falar nisso, o remodelamento do texto esteve sob a responsabilidade do jornalista Reinaldo José Lopes, do jornal Folha de S.Paulo, autor de oito livros e tradutor de outras obras de Tolkien, como: “A Queda de Gondolin” e “O Silmarillion”. Ele tem títulos de mestre e doutor pela Universidade de São Paulo por estudos sobre a obra de Tolkien. Entonce galera, já puderam perceber que a retradução de “O Hobbit” da HarperCollins esteve em boas mãos.
Lopes optou por modificar as grafias de alguns termos já consagrados nas obras de Tolkien. Por exemplo: “Anões” deram lugar a “anãos”, “goblins” viraram “gobelins”, a “Floresta das Trevas”, nesta reedição ficou como  “Trevamata”. E por aí afora, mas nada que prejudique o prazer da leitura dos Tolknianos.
Publicado originalmente em 1937, “O Hobbit” foi o primeiro livro de Tolkien a abordar a Terra Média. O romance acompanha Bilbo Bolseiro, um pacato hobbit, convocado a uma aventura por Gandalf, o mago, e os 13 anãos, que partem em busca de um tesouro guardado pelo dragão Smaug.
Essa jornada fará Bilbo e seus amigos atravessarem a Terra-média e enfrentarem inúmeros perigos, sejam eles, os imensos trols, as Montanhas Nevoentas infestadas de gobelins ou a muito antiga e misteriosa Trevamata, até chegarem (se conseguirem) na Montanha Solitária para enfrentarem o maléfico e mortal Samug.
O livro antecede os fatos ocorridos em “O Senhor dos Anéis”, o que torna, portanto, obrigatória a sua leitura, antes da galera “mergulhar” nos enredos dos três livros – “A Sociedade do Anel”, “As Duas Torres” e “O Retorno do Rei” - que formam a principal saga escrita por Tolkien.
Taí pessoal! Agora só resta aguardar a chegada de 15 de julho para adquirirmos essa preciosidade reeditada pela HarperCollins. Se você quiser garantir a compra para não correr nenhum risco, basta reserva o seu exemplar que já está em pré-venda na Amazon por R$ 59,36.
Inté!
Detalhes do produto
Capa: Dura
Páginas: 336
Autor: J.R.R. Tolkien
Editora: HarperCollins
Dimensões:  20,8 x 1,9 x 13,5 cm
Peso de envio: 390g
Lançamento: 15 de julho

Nenhum comentário