Darkside relança “Pequenas Realidades”, primeiro livro escrito por Tabitha, mulher de Stephen King

Tabitha e Stephen King

Quando a palavra King é citada em rodas de conversas de leitores, com certeza, o assunto está relacionado ao mestre do terror Stephen King. Cara, é batata! O famoso escritor está na boca de 10 em cada 10 leitores de histórias de terror. O nome de King se tornou tão lendário que chegamos ao ponto de esquecer ou pelo menos, camuflar um outro nome tão lendário quanto o dele e que pouco ou quase nada aparece quando um livro da fera é lançado. Estou me referindo a Tabitha Jane-Frances Spruce ou simplesmente Tabitha King, esposa do escritor.
Sabiam que se não fosse o bom senso dessa mulher, talvez hoje King não existiria como escritor? Foi Tabitha que salvou do lixo o original de “Carrie – A Estranha”. 
Verdade galera! King, naquela época ainda lutando para publicar o seu primeiro livro, achou a história de Carrie horrível e simplesmente, amassou o manuscrito e jogou no lixo. Sua esposa, muito perspicaz, foi até a famosa lata de lixo, recuperou as folhas tão raivosamente amassadas e deu uma dura no maridão. Acho que ela disse: “Seu otário, por que você amassou isso aqui?” – King deve ter balbuciado alguma coisa, quando Tabitha o interrompeu e tascou: “A história é ótima, trate de termina-la logo porque será um sucesso e irá nos tirar dessa merd... que nos encontramos!!”. 
Livro capa dura da Darkside
Pois é, não sei se ela usou essas mesmas palavras, o que sei é que o manuscrito foi salvo, King concluiu a história e a mesma foi um tremendo sucesso, tornando o seu nome conhecido em todo o mundo. A partir daí, as portas se abriram, novos livros vieram e Stephen ficou multimilionário com os seus enredos. E tudo isso graças a quem? Tabitha, é claro.

Outro detalhe que poucos conhecem é que essa mulher especial é a mentora de King há décadas. Ela é a primeira que lê os originais de suas histórias e a única que tem livre arbítrio para sugerir mudanças no enredo. King não dá atenção nem mesmo para os seus editores, mas se Tabitha propõe uma alteração, com certeza, King obedecerá.
Esta mulher tão importante no chamado “Universo Kingniano”, mas ao mesmo tempo tão discreta e distante dos holofotes, estará brindando os leitores brasileiros com um livro, mas dessa vez, escrito por ela. Explico melhor: A editora Darkside relançará no dia no dia 29 de maio “Pequenas Realidades”, livro de estreia de Tabitha escrito em 1981 e publicado no Brasil somente quatro anos depois com o título de “Miniaturas do Terror”. A obra fez parte da antológica coleção da editora Francisco Alves, chamada “Mestres do Horror e da Fantasia”. Mas a “Dama do Terror” - como está sendo chamada pela Darkside - já escreveu outros oito romances, seis contos, cinco poesias, um roteiro de TV e dois livros de não ficção. Todos eles lançados apenas na terra do Tio Sam. O único trabalho de sua autoria publicado no Brasil foi “Miniaturas do Terror” e que agora, a Darkside relança como “Pequenas Realidades” o que faz dessa obra algo muito raro.
Livro de 1985 lançado pela Francisco Alves
“Miniaturas do Terror” está entrando no rol dos livros em extinção. Até ontem restavam apenas quatro exemplares no portal da Estante Virtual à preços bem consideráveis que variam de R$ 50,00 a R$ 90,00.
“Pequenas Realidades” deverá desembarcar nas livrarias em 29 de maio com toda pompa e requinte em seu layout que já se tornaram marcas registradas dos lançamentos da Darkside. Os exemplares sairão em capa dura, com vários extras e marcador de página magnético.
Neste livro, conhecemos a socialite Dorothy Hardesty Douglas, filha de um antigo presidente norte-americano, que vive na redoma de seu legado de sucesso. Entusiasta de miniaturas, ela possui uma réplica da Casa Branca, perfeita em seus mínimos detalhes. Ao conhecer um homem chamado Roger Tinker, que trabalhou para o governo em um projeto secreto, ela descobre uma maneira fantástica — e um tanto perturbadora — de decorar sua casinha.
Em uma trama que envolve relações familiares problemáticas e o mundo estranho e obsessivo das miniaturas, Tabitha King conduz o leitor por uma história grotesca e disfuncional, mostrando os contornos mais sombrios que podem habitar a mente de todos nós. Por isso, não sabemos para onde os personagens vão nos levar com seus atos extremos, fazendo com que os leitores tenham uma sensação fascinante e aterrorizante ao mesmo tempo.
Portanto, agora é só aguardar com muita expectativa a chegada de 29 de maio para termos em mãos essa preciosidade e simplesmente, devorá-la.
Ah! O livro já está em pré-venda na Amazon.

Nenhum comentário