O Instituto, livro de Stephen King, vai virar minissérie de TV


A máquina chamada Stephen King não para; continua produzindo conteúdo em quantidade avassaladora. Vejam só: o mestre do terror já lançou, recentemente “The Institute” e “Elevation” – o primeiro, publicado no Brasil há poucos dias com o título de “O Instituto” e o segundo, chegará por aqui em novembro, também pela editora Suma como “Ascensão” – além de ter confirmado a adaptação para a TV de “A Dança da Morte” e “O Instituto”. Isto sem contar, The Outsider que será adaptado pela HBO; os contos “Posto de Parada” e “A Corredora, que fazem parte do livro “Ao Cair da Noite” e podem ir parar, respectivamente, na TV e nos cinemas; além de muitos outros projetos visando adaptações para as telas grandes ou pequenas como “N”, “Milha 81” e por aí afora.

Cara, são muitos e quando digo muitos – me perdoem o pleonasmo – estou querendo dizer muitos de muitos; mas na postagem de hoje, quero me ater ao livro “O Instituto” que saiu de pré-venda há poucos dias e já teve confirmada a sua adaptação para a TV no formato de minissérie.
A boa notícia é que o roteirista David E. Kelley (Big Little Lies) e o diretor Jack Bender (Lost e Game of Thrones), que já juntaram forças para adaptar Mr. Mercedes, vão retornar ao universo de Stephen King em “O Instituto”. Por isso, a minissérie já ganha um ‘pedigree’ enorme antes mesmo de ser lançada.  
A produtora de “O Instituto” deve ser a conceituada Spyglass Media Group responsáveis por trabalhos memoráveis como o rebot de Star Trek (2009); “A Lenda do Zorro” (2005) e “Memórias de Uma Gueixa” (2005), entre outros.
O novo livro de King conta a história de Luke, um menino de 12 anos que, durante uma noite, tem seus pais assassinados e é sequestrado por um grupo de invasores. Toda a ação acontece em menos de dois minutos e, ao acordar depois do acontecido, Luke está no Instituto, em um quarto muito parecido com o dele, exceto pelo fato de não ter janelas. Do lado de fora de seu quarto, há outras crianças com talentos especiais e com histórias muito parecidas com a dele.
Luke se junta a um grupo, formado por ele, Kalisha, Nick, George, Iris e o caçula, Avery Dixon, de apenas dez anos, e eles estão na Parte da Frente. Outros jovens, o protagonista descobre, foram levados para a Parte de Trás e nunca mais foram vistos.
Dentro da instituição, pessoas se dedicam impiedosamente a extrair todos os poderes dessas crianças. Conforme cada nova vítima vai desaparecendo para a Parte de Trás, Luke fica mais e mais desesperado para escapar e procurar ajuda. Mas ninguém nunca conseguiu fugir do Instituto.
A minissérie ainda não tem emissora definida, mas o importante é que a sua produção foi confirmadíssima.
Agora é só aguardar, enquanto isso, vamos lendo o livro. No meu caso, estou adorando os primeiros capítulos.

Nenhum comentário