Contos Estranhos

Nenhum comentário

Dos nove contos, devorei seis. Acredito que se tirarmos a média, Contos Estranhos de Bram Stoker passa no teste. Pelo menos no meu teste, pois pode acontecer de outros leitores detestarem as histórias das quais gostei. Mas no meu caso, achei as narrativas da hora, algumas, inclusive, com o poder de meter um medo bem incômodo na gente como “India”, “A Profecia Cigana” e “O Hóspede de Drácula”. E sabemos que uma história de terror “nível A” tem que arranhar, cutucar, raspar os nervos do leitor, e essas três incomodam, de verdade. As outras três que gostei, mesmo sendo mais amenas e sem esse poder de fogo, também prendem a atenção.

Os contos foram publicados por Florence Bram Stoker, viúva do famoso escritor. Segundo ela, alguns meses, antes da penosa morte de seu marido, ele planejava a publicação de três conjuntos de contos, Contos Estranhos é um deles e originalmente teria oito histórias e não nove. Acontece que Florence decidiu acrescentar à coletânea o conto “O Hóspede de Drácula” – episódio até então inédito de Drácula, obra prima de Bram Stoker.

O conto foi originalmente excluído devido à extensão do romance. De acordo com Florence, se o episódio fosse acrescentado à narrativa, Drácula teria um número de páginas bem aquém do planejado pelo autor. Dessa forma, o capítulo acabou sendo “rifado” do livro e engavetado.

Ao decidir lançar uma das coletâneas do marido, Florence optou por incluir “O Hóspede de Drácula”. E posso garantir que a narrativa tem todo aquele clima de mistério e medo do conhecido romance de terror que com o passar dos anos ganhou o status de antológico.

Quanto a edição em capa dura de Contos Estranhos, caráculas... que show! Vê só: capa hiper trabalhada em alto relevo e com todo aquele clima de mistério; divisórias dos contos com layout preto e título em letras góticas; folhas amareladas, de qualidade impecável; fontes em ótimo tamanho, facilitando, assim, a leitura; enfim, uma edição caprichada da editora Nova Fronteira.

A boa notícia é que incialmente, o livro só podia ser encontrado no box Grandes Obras de Bram Stoker juntamente com outros dois volumes: Os Sete Dedos da Morte / A Toca do Verme Branco e Drácula. Para isso, os interessados tinham que desembolsar perto de R$ 90,00. Agora, Contos Estranhos pode ser encontrado à venda, separadamente, na Amazon, por apenas R$ 29,90.

Confiram um breve resumo (sem spoilers) dos nove contos. Vamos lá.

01 – O hóspede de Drácula


Trata-se de um conto com as mesmas características sombrias de Drácula. Também não poderia ser diferente já que a história faria parte romance, só sendo excluída porque deixaria o livro de Stoker muito extenso. Nele, Jonathan Harker ao visitar o castelo do Conde Drácula pede ao seu cocheiro que pare a carruagem próximo a um vale abandonado para que ele possa explorá-lo. Apesar dos apelos do cocheiro para que ele não faça isso, Harker, teimosamente, segue pelo vale, então... a ‘cobra fuma’.

02 – A casa do juiz

Um jovem universitário resolve alugar uma casa abandonada numa pequena cidade com o objetivo de encontrar paz e tranquilidade para estudar, visando os exames de final de ano. Então, por indicação de um corretor, ele aluga uma casa que pertenceu, no passado, a um juiz muito maldoso que executava cruelmente todos aqueles que julgava. Já deu para perceber que esse jovem estudante vai passar por um perrengue danado.

03 – A índia

Na minha opinião, o melhor conto do livro. Apesar de adorar gatos, juro que fiquei meio que... assim... desconfiado com os bichanos. Por ser um conto curto, menos de 15 páginas, qualquer linha que eu escreva já corro o risco de imputar spoiler na resenha. Portanto, basta ‘dizer’ que um homem muito convencido e garganteador sofre horrores quando mata acidentalmente o filhote de um gato. Cara... esse conto me arrepiou. A história tem um clima daqueles seriados antigos do tipo “Galeria do Terror” e “Além da Imaginação”.

04 – O segredo do ouro crescente

Achei fraquinho. Um homem trai a sua mulher, ou seja, resolve dar aquela puladinha de cerca. Acontece que além da tal puladinha, ele resolve fazer algo pior com a esposa traída. Resultado: ele acaba pagando caro pela sua atitude. 

05 – A profecia da cigana

Viche! Este incomoda! Um homem que vive maravilhosamente bem com a sua jovem esposa convida o amigo para visitar um acampamento cigano que está nas imediações. Os dois pretendem apenas passar o tempo, já que não acreditam em superstições ciganas. Ao chegarem no local, uma ciganinha pede para ler a mão do rapaz casado. A menina ao ler a mão do homem sai correndo assustado e vai chamar a matriarca do acampamento que, por sua vez, também lê a mão do homem e também se assusta. Então a cigana revela o futuro aterrador e arrepiante do pobre coitado. 

06 – A vinda de Abel Behenna

Dois rapazes lutam pelo amor da mesma mulher. Então, ambos decidem fazer uma aposta para saber qual dos dois ficará com a amada. Acontece que o perdedor não aceita a derrota e tenta de todas as maneiras passar a perna no vencedor. Conto que mostra o pior lado da personalidade humana e com um final surpreendente.

07 – O enterro dos ratos

Um conto instigante capaz de fazer com que o leitor entre na pele do “pobre” personagem que sofre horrores ao tentar escapar de uma horda de perseguidores ‘muuuito’ estranhos. A tensão criada em torno do inglês que passava seus dias em Paris e que se meteu numa encrenca danada ao visitar o lado mais sombrio da cidade deixa o leitor angustiado.

08 – Sonho com mãos vermelhas

Não gostei. Confuso e morno, para não dizer frio. Um homem tem pesadelos terríveis por causa de um segredo que guarda a sete chaves; algo abominável que ele fez no passado. Durante a narrativa, ele vai revelando esse segredo a um amigo até chegar ao final que deveria ter sido surpreendente, mas na minha opinião... não foi.

09 – Crooken Sands

Outro continho chato pra dedéu. Um empresário muito bem sucedido resolve visitar a Escócia, mas usando um kilt - uma espécie de saia de lã feita de um tecido em padrões xadrez. Ao chegar no seu destino, uma força misteriosa obriga o personagem a usar sempre o traje e só tirá-lo para dormir. A sua teimosia acaba causando um clima pesado com sua mulher e filhos que não aceitam tal atitude. Achei o final muito chocho, sem medo, sem tensão, sem impacto... sem tudo.

Taí galera, apesar dessas três histórias fracas, recomendo a compra de Contos Estranhos porque as outras seis narrativas arrebentam a boca do balão e valem muito a pena.

Boa leitura!

 

Nenhum comentário