Remake do filme “O Cemitério Maldito”, baseado em livro de Stephen King, tem data de estreia definida


Com certeza, dois filmes de terror que marcaram as gerações dos anos 80 e 90 foram: “It: A Obra Prima do Mal” (1990) e “o Cemitério Maldito” (1989); e por coincidência, as duas produções foram baseadas em livros do grande mestre do gênero: Stephen King. Outra analogia entre esses dois filmes é que ambos ganharam novas adaptações cinematográficas. O primeiro – dividido em duas partes – estreou nos cinemas
brasileiros em setembro do ano passado, quanto ao segundo tem o seu debut nas telas americanas previsto para abril de 2019. E como tudo que envolve King é cercado por aquela aura de mistério – afinal de contas, ele é o “mestre do terror” – vale a pena lembrar de mais uma similaridade entre essas duas obras. Sabiam que “Cemitério Maldito” (neste remake se escreve apenas Cemitério Maldito, sem a introdução da palavra ‘O’, ao contrário do filme de 1989) e “It: A Coisa – Parte 2” estreiam no dia 5? Pois é, o filme do gato maldito invade as telas dos cinemas nos Estados Unidos em 5 abril e a produção envolvendo o palhaço demoníaco chega com tudo no Brasil também no dia 5, mas de setembro.
Cartaz do remake que estreia em 2019
Mas vamos ao que interessa, já que a finalidade dessa postagem é ‘falar’ sobre “O Cemitério”, um dos livros mais sombrios de King e que chegou a assustar até mesmo o próprio autor. Verdade! O próprio King revelou em uma de suas entrevistas que o tal gatinho macabro o fez perder algumas noites de sono. Agora eu pergunto: “Se uma história que conseguiu assustar uma mente calejada como a de King, imagine o que faria com a nossa?”
E, de fato, o enredo do livro é fodástico. Em “Pet Sematary” – título original da obra de King e que significa “Cemitério de Animais” - uma família se muda para uma nova casa, localizada nos arredores de um antigo cemitério amaldiçoado, usado para enterrar animais de estimação, mas que já foi usado para sepultamento de indígenas. Algumas coisas estranhas começam a acontecer logo depois que o gato de estimação da família morre atropelado e é enterrado no misterioso local. Neste momento, a outrora tranquila rotina de vida dos moradores se transforma num verdadeiro pesadelo.
A boa notícia para cinéfilos e leitores, fãs de King, é que Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, diretores do remake “Cemitério Maldito”, disseram que a nova versão será fiel ao aclamado livro do autor. Isto significa que não teremos aquelas cenas ou personagens estranhos que fogem do contexto original. Prova disso é a sinopse do filme, já divulgada para a imprensa. 
Na trama, "O médico Louis Creed muda com a mulher e dois filhos pequenos para uma casa de campo em Ludlow, Maine. Em frente à casa passa uma rodovia movimentada e, atrás, há um cemitério de animais. Por meio do velho Crandall, seu vizinho, Creed descobre também perto dali um antigo cemitério indígena, que tem o poder de mandar de volta à vida os corpos enterrados nele. Quando seu filhinho Gage morre atropelado, Creed resolve enterrá-lo no cemitério indígena e esperar por sua ressurreição." Perceberam que o roteiro não difere quase nada do livro?
O elenco do filme conta com Amy Seimetz (“Alien: Covenant“), Jason Clarke (“A Maldição da Casa Winchester“), John Lithgow (da série “The Crown“) e a estreante atriz Alyssa Brooke Levine. A direção está a cargo da dupla Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, que comandaram juntos o terror “Starry Eyes”. Jeff Buhler (da série “Nightflyers“) é o responsável pelo roteiro.
Taí galera, vamos aguardar a chegada de abril do ano que vem para conferirmos esse super remake.
Inté!


Nenhum comentário