12º volume de Crônicas Saxônicas, “A Espada dos Reis”, chega ao Brasil em outubro

3 comentários

Sou um grande fã de Uthred e não abro mão. Tanto é verdade que tenho os 11 volumes da saga Crônicas Saxônicas em lugar de destaque na minha estante. Uhtred é fantástico, ou melhor, fodástico. Ironia, coragem, e arrogância são palavras chaves em seu dicionário, mas sempre acompanhadas de uma virtude: a lealdade. Uhtred é sempre fiel aos seus juramentos. Quando o guerreiro pagão é amigo de alguém, ele é – como diz o ditado – “amigo até debaixo d’água”; quanto aos seus inimigos, preparem-se para a sua língua ferina recheada de escarnio acompanhada de sua espada afiada. Aliás, acho que muitas vezes, as chacotas e o sarcasmo que saem da boca do guerreiro doem mais nos seus adversários do que uma estocada de metal.

Na minha opinião. o grande sucesso da saga literária deve-se também a dois fatores: os inimigos enfrentados por Uhtred ao longo dos onze livros - os seus adversários são muito carismáticos e confiantes, além de excelentes excelentes guerreiros e espadachins – e a descrição majestosa das cenas de batalhas. Uhauuuuu! Bernard Cornwell dá um show nesse sentindo, assim como deu nos três livros da série As Crônicas de Artur (O Rei de Inverno, O Inimigo de Deus e Excalibur)

Por gostar tanto desse personagem não via a hora do lançamento do 12º volume das Crônicas. Cara, quero demais esse livro para conhecer o destino dos personagens que me encantaram ao longo dos 11 volumes.

Nesta semana, a boa notícia chegou e de uma maneira inesperada. Estava lendo alguns comentários e e-mails dos leitores do blog quando um seguidor chamado Glaidson me avisou que a obra já está na boca do forno para ser lançada. Putz, e como eu estava precisando de uma notícia boa. Obrigado Glaidson!

Tinha acabado de escrever um “post-desabafo” onde me abria com os leitores sobre alguns problemas que vinham rolando em minha vida e tirando o estímulo de prosseguir com o blog. Tudo bem que já tinha abandonado essa ideia e que uma parte – a mais difícil – desses problemas também já tinha sido solucionada, mas a novidade sobre o retorno do guerreiro pagão serviu para recuperar ainda mais o meu ânimo.

Após algumas pesquisas na net fiquei sabendo que o 12º volume de Crônicas Saxônicas vai se chamar A Espada dos Reis e o seu lançamento está previsto para 19 de outubro próximo. A boa notícia é que a obra já está em pré-venda nas principais livrarias virtuais. Além da capa metalizada exclusiva da 1ª edição dos livros da série, inclui como brinde um pôster e um marcador de páginas metálico. 

Para a galera que também são fãs de Uhtred e estão curiosos com relação ao enredo, segue a sinopse oficial fornecida pela editora Record: “É mais um momento de turbulência nos reinos. O rei Eduardo, com a saúde debilitada, não pode fazer nada para garantir uma sucessão tranquila ao trono e estabilidade política após sua morte.

Há uma disputa entre dois herdeiros, Æthelstan e Ælfweard, e ninguém sabe se a frágil união dos reinos britânicos se manterá com a morte de Eduardo e o embate entre os dois herdeiros. Enquanto isso, Uhtred, após reconquistar sua querida fortaleza de Bebbanburg, mantém-se o mais distante possível das intrigas do sul, recluso na ainda independente Nortúmbria.

Entretanto, um juramento é um compromisso eterno. E Uhtred prometeu a Æthelstan, seu antigo companheiro de armas e agora candidato a rei, que acabaria com qualquer pretensão de Ælfweard ao reinado. Ainda assim, Uhtred se sente tentado a ignorar o juramento e permanecer em sua solidão no norte, deixando os mércios e os saxões em sua disputa interminável por poder. Porém, quando um poderoso aliado de Ælfweard leva o conflito até a Nortúmbria e um inesperado pedido de ajuda chega a Bebbanburg, Uhtred e um pequeno grupo de guerreiros viaja para o sul, para a batalha pela realeza, um conflito que vai definir o destino da Inglaterra”.

Agora é só esperar a chegada de 19 de outubro para devorar a 12ª aventura do grande Uhtred, mas antes aconselho que você já reserve o seu livro em pré-venda.

Afinal de contas, é sempre bom garantir.

 


3 comentários

  1. O Meu já está a caminho... tenho três coleções de Cornwell, As Crônicas Saxônicas, a Trilogia de Arthur, e a Trilogia da busca do Graal (O Arqueiro, O Andarilho e O Herege - que virou "tetralogia" com o lançamento de 1356), e que acho a segunda melhor obra depois das Crônicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinicius, empatou (rs). Também tenho em minha estante as mesmas coleções que você citou. Sou um grande fã de Cornwell. Adorei "As Crônicas de Artur"; gostei muito de "A Busca do Graal"; quanto "As Crônicas Saxônicas", nem preciso dizer.
      O meu "A Espada dos Reis" chegou no começo de semana. Não dominei a ansiedade e adquiri o livro em pré-venda.
      Tomara que gostemos.
      Abraços!

      Excluir
  2. Infelizmente a série parece que vai terminar no volume 13, O Senhor da Guerra, que já está a venda em Inglês, e deve desembarcar por aqui ano que vem...

    ResponderExcluir