quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Kid Tourão versus “Señor Destino”



Hoje eu quero escrever sobre um personagem de carne e osso que já marcou presença em vários posts do blog. Acredito que toda vez que ele apareceu deixou os textos mais leves, singelos e engraçados. É claro que estou falando do Kid Tourão! Como diz aquela letra do Roberto, ele é o “meu querido, meu velho, meu amigo”.
E porque o Tourão vale a publicação de um post só dele? É simples, galera. Nos próximos dias ele estará prestes a encarar mais um desafio em sua vida; mais uma luta. Sabem de uma coisa? Quase sempre imagino esse velhinho matreiro como um cowboy do velho oeste que vive sendo desafiado constantemente pelo destino, às vezes de forma cruel e traiçoeira. E até agora, em todas as oportunidades em que foi desafiado, chamado para a luta, o Kid Tourão conseguiu vencer. Alguns combates deixarem cicatrizes, outros não, mas o que importa é que ele conseguiu sacar o seu ‘45’ e atirar primeiro. Mas acontece que o “Señor Destino” é persistente e traiçoeiro e por isso mesmo, vive preparando armadilhas. E agora o Kid Tourão foi chamado para o combate novamente e talvez este seja o maior de todos os desafios nos seus 90 anos de vida.
O velhinho guerreiro está ficando afônico a cada dia e somado a essa tal rouquidão, há uma tosse persistente. A chamada tosse ‘engasga gato’, como ele mesmo a batizou. No início, eu, meus irmãos e Lulu pensávamos que os sintomas – principalmente a tosse – estava associada a sua Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), mas no mês passado decidimos procurar um otorrino que, por sua vez, nos encaminhou para um especialista em cabeça e pescoço. E então, anteontem, veio o tiro do “Señor Destino”: suspeita de um tumor nas pregas vocais. O médico alertou que há o risco de fechamento de parte da laringe e então, nem mesmo uma intubação de emergência resolveria o problema. Aí ‘mon ami’, o vilão “Señor Destino” seria mais rápido no gatilho e não teria como o Kid Tourão ir para a desforra num novo duelo.
A saída para evitar essa tragédia é realizar uma biópsia laríngea, onde o cirurgião introduz um tipo de sonda nas profundezas da garganta do paciente para retirar uma amostra de tecido para análise. Um procedimento de aproximadamente 15 minutos.  Cara! Você deve estar se perguntando: “Pô! Tanto drama para um exame de apenas 15 minutos?!” Acontece que para fazer esse tipo de biópsia, o paciente obrigatoriamente deve tomar anestesia geral. Vale lembrar que o Kid Tourão com as suas nove décadas de vida quase partiu dessa para melhor na última vez que tomou uma ‘geralzona’. Foi há um tempinho atrás quando fraturou o braço e novamente teve que duelar contra o “Señor Destino”. Banggg!! A bala disparada pelo dito cujo alvejou o nosso cowboy, mas mesmo assim, o valente velhinho conseguiu sacar à tempo e feriu gravemente o seu perseguidor implacável que acabou fugindo.
Depois vieram outros duelos menores como uma cirurgia para implantação de uma prótese na veia aorta abdominal; uma mal sucedida operação de catarata - inclusive, ele está ‘caçando’ o médico até hoje para arrancar o seu couro (rs) – a fuga de um marca passo, conseguiu dobrar uma médica bonitinha de mini-saia (-“Doutora! Como a Senhora é ‘vistosa’, mas eu não quero botar esse pedaço de lata no meu peito não!”). Antes disso, tiveram duelos menores, todas vencidas, como: viroses, uma gripe muito forte que por pouco não ‘virou’ pneumonia, uma queda com luxação no cóccix, o que acabou rendendo-lhe um presente de grego, no caso, uma bengala; uma crise persistente de nevralgia do nervo trigêmeo e assim foi-se indo.
Mas agora, galera, confesso que esse duelo será o pior e mais acirrado de todos porque o temível pistoleiro virá ‘babando’, louco de raiva por ter sido ludibriado até agora. Por isso, o Kid Tourão terá de ser muito esperto e novamente rápido no gatilho, mas ‘tá’ difícil... O nosso herói já não saca o seu 45 com tanta rapidez; culpa do tempo que acabou reduzindo a sua destreza e vivacidade, mas mesmo assim, ele é corajoso e está se preparando para um novo encontro, talvez o maior deles: o bom combate. O velho e valente Kid aposta que mais uma vez mandará o “Señor Destino” para as ‘cucuias’.
Nesta sexta-feira (31) estarei enfrentando toda aquela burocracia médica e hospitalar que antecede todo e qualquer procedimento invasivo no corpo de um paciente. Antes de tudo a consulta à um cardiologista para verificar a máquina; depois vem o anestesiologista; na sequencia, o psicólogo; depois sei lá mais o que. Uffaa!! Já estou vendo o médico cardiologista levando um susto ao verificar o eletrocardiograma do Tourão. Seria bem sui generis ver um cardiologista sofrendo um infarto após levar um baita susto com os gráficos amalucados dos batimentos cardíacos de um paciente prestes a “ser brindado com uma geralzona”.
Bem, brincadeiras à parte – e só Deus sabe como preciso sorrir para não dar trelas à tristeza e ao abatimento – a tal biópsia laríngea, isto é se o médico cardiologista sobreviver após ver o resultado do eletro do Tourão, será marcada com urgência. E, então, veremos quem levará a melhor nesse novo confronto. Ontem foi dia de São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis; recorri à ele para dar uma ‘força’ para o velhinho. E agora, recorro à todos vocês que acompanham tanto o blog quanto a fanpage do Livros e Opinião – e já se apaixonaram por esse personagem tão especial, presente em vários posts – para que façam uma corrente de orações para que o Kid Tourão consiga, novamente, sacar rápido a sua arma e vencer este novo duelo.
Para aqueles que estão visitando o blog pela primeira vez e ainda não conhece “El Touro”, seguem alguns posts dos quais ele participou, sempre alegrando a galera com a sua espontaneidade e alto astral. Basta acessar aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e mais aqui. Continuem vasculhando, com certeza, encontrão muitos outros links.
Inté!

2 comentários:

  1. Certamente que estaremos todos torcendo pelo grande Kid Tourão, Jam. Pode ter certeza disso.

    Problemas de saúde realmente são complicados. Eu, por exemplo, até há bem pouco tempo atrás estava indo em um médico atrás do outro. Começa com um problema, vai num especialista, que receita um antibiótico, que por sua vez causa uma reação alérgica, vai parar no plantão, passa a tomar outro medicamento, prossegue com o tratamento, cura o primeiro problema, mas que no fim acaba gerando outro. Até um dia ficar bom. Uff!

    Problemas de saúde não têm idade pra aparecerem.

    O caso, é que todos nós, leitores assíduos do Livros e Opinião, estaremos juntos torcendo com você pelo Kid Tourão no dia 31. Ele já derrotou o Señor Destino inúmeras vezes, não será agora que vai falhar!

    E tudo dará certo. Abcs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...