sábado, 30 de março de 2013

Suma de Letras lança sete novidades de Stephen King em 2013



Cheguei em casa correndo do serviço, sentei-me na frente do computador para redigir um post ‘ultra-rapidamente’, porque uma hora e meia depois já tinha um outro compromisso profissional inadiável. Entrei como um vulcão em meu quarto: - “Oi ... oi e oi.... só vou jantar quando voltar ‘denoitão’. Tenho de redigir algo correndinho. Vou fechar a porta para me concentrar. Tchau!” Estas foram as palavras que saíram de minha boca como uma metralhadora.
Ouvi ainda minha tia, da capital, que estava por aqui passeando dizer: -“Nossa! Deve ser um assunto importante para ele deixar de lado o seu prato preferido”. E adivinha de qual prato minha estimada tia estava se referindo?  Lasanha acompanhado de peito de frango cremoso. Uhauahua!! Meu prato pra lá de preferido!! Pois é, todos lá em casa ficaram completamente pasmados e ao mesmo tempo curiosos.
O zum zum continuou. Outro tio ‘soltou’: -“Deixa ele trabalhar, deve ser aquele caso do roubo com refém de hoje cedo”. E por aí vai. Apesar da porta do quarto estar fechada, ainda conseguia ouvir algumas conjecturas dessa minha atitude, digamos que... um pouco anormal.
Já estava no meio do post quando alguém abriu a porta e entrou. Adivinhe quem?? Se você respondeu: “Kid Tourão”, ‘seo’ Touro ou simplesmente “Tourão”, acertou na lata!
Apesar do desânimo e tristeza evidente em seu rosto por causa da doença que ainda não o abandonou, ele abre aquele sorriso maroto – escarrapachado em sua cadeira de rodas, a qual ele chama de carrinho – e diz: - “Você está escrevendo alguma coisa do ‘Kinga’ né? Na sequencia tascou: “Você acha esse ‘Kinga’ melhor do que a lasanha não é?” Deixei a escrita um pouquinho de lado, dei aquela risada gostosa e respondi para esse velhinho especial: - “É sim Tourão. Estou escrevendo sobre o Kinga”. Antes de sair ‘rodando’ em seu ‘carrinho’ ele disse: - “Então pode deixar, que eu como por você”. Ahahaha!! Grande e velho Touro. Imbatível Kid Tourão que já aprendeu a chamar Stephen King de “Kinga”! Apesar do pouco estudo, ele teve a sensibilidade para descobrir o motivo do meu ‘afogueamento’ ao chegar em casa correndo, ao ponto de abandonar um dos pecados responsáveis pela minha gula.
Pois é galera, ao tomar conhecimento do calendário de lançamentos das obras de Stephen King quase comprei um repertório de fogos de artifícios para promover um festival pirotécnico. E juro que merecia tudo isso, porque a maioria dos livros prometidos pela Editora Suma de Letras – responsável pela publicação das obras do escritor no Brasil – estão previstos para desembarcar neste ano de 2013 na terrinha. E alguns deles chegam ‘bunitinhus’, com capas luxuosas, prefácios misteriosos escritos pelo mestre do terror, tradução de qualidade e por aí afora. Portanto, com certeza, merecia um post especial, mesmo que para isso eu tivesse que fazer algum sacrifício, o qual vocês e o Tourão, com certeza, já sabem: abdicar do meu prato preferido preparado por uma tia que raramente viaja por essas bandas..
Mas vamos as novidades “Kingnianas” que estarão aterrisando por aqui em 2013. Lembrando que algumas delas já acabaram de desembarcar. Como é o caso de “A Auto-Estrada” e “Quatro Estações”. As demais chegarão em abril, maio, junho e novembro.
01 – A Auto-Estrada (Lançamento: Março)
Aqueles que leram – eu ainda não tive a oportunidade – garantem que “A Auto-Estrada” é um thriller de suspense psicológico eletrizante. Pelo menos a sinopse aponta para isso. King escreveu o romance em 1981 sob o pseudônimo Richard Bachman e nele conta a história de Barton George Dawes que, após saber que sua casa e seu local de trabalho serão demolidos para ser construída uma auto-estrada, fica frustrado e de cidadão comun passa a ser uma ameaça à cidade. Seu filho morrera recentemente por causa de um tumor no cérebro e o seu casamento não vai nada bem. E depois dessa notícia, ele fará de tudo para que sua casa e seu local de trabalho não sejam demolidos, que é onde estão suas memórias, a sua história, a sua vida.
King escreveu esse livro durante um momento muito difícil de sua vida, período em que sua mãe vinha sofrendo muito com uma doença grave. Ela viria morrer um ano antes da publicação, vítima de um prolongado câncer. O próprio King revelou que em alguns momentos da trama se identificou com George Dawes.
O livro foi relançado no formato Pocket, ou seja, edição de bolso. Apesar daquelas letrinhas minúsculas que enchem o saco, é evidente que a leitura vale à pena.
02 – Quatro Estações (Lançamento: Março)
Quatro Estações na versão pocket
Tai outra obra de King relançada no formato pocket neste ano. “Quatro Estações” foi publicada originalmente em 1982. Antes de escrever alguma coisinha sobre o livro deixe-me fazer uma pergunta para os apreciadores da sétima arte. O que vocês acharam dos filmes: “Um Sonho de Liberdade” (1994) com Tim Robbins e Morgan Freeman; “O Aprendiz” (1998) com Ian McKellen e “Conta Comigo” (1986) com River Phoenix e Richard Dreyfuss? Se a resposta foi: “A-D-O-R-A-M-O-S !!”. Só posso dizer: comprem imediatamente “Quatro Estações”. Não percam um minuto sequer para, depois, não ficarem chupando o dedo e se lamentando.
Estes três clássicos do cinema foram, na realidade, adaptados de contos do livro “Quatro Estações”. A obra de King de 685 páginas tem quatro histórias que mostram uma outra faceta do mestre do terror, bem diferente do seu universo habitual, mas com a mesma marca de excelente contador de histórias que ele conquistou ao longo de sua carreira. King constrói narrativas baseadas no dia-a-dia de personagens comuns e mostra sua habilidade em criar demônios. Em Quatro Estações, o mestre do terror americano, se distancia do sobrenatural e mergulha no dia-a-dia de personagens comuns.
Quatro Estações edição de 1982
Em "A Primavera Eterna", um homem tenta escapar de uma prisão de segurança máxima, após uma condenação injusta. Esta história foi adaptada para o cinema sob o título "Um sonho de liberdade". Já o filme “O Aprendiz” bebeu na fonte de "Verão da Corrupção" que traça o relacionamento entre um adolescente e um velho nazista. Para não entregar o criminoso alemão às autoridades, o garoto exige que o fugitivo lhe relate suas memórias. A partir de então um tenso jogo psicológico surge entre os dois, ameaçando a sanidade do jovem. Em "O Outono da Inocência" um grupo de jovens encontra um corpo, marcando sua passagem para o mundo adulto. Este conto foi para a telona com o título de "Conta comigo". A última história, "Inverno no clube" traz a luta de uma mãe para salvar seu filho. Este último conto ainda não recebeu uma adaptação para as telonas.
03 – “A Dança da Morte” (Lançamento: Abril)
Edição lançada em 2005
Lançado originalmente em 1978, “A Dança da Morte” é considerado por muitos fãs como o melhor livro da carreira de Stephen King. A obra tem um clima apocalíptico e será lançada em abril no formato edição de bolso. No enredo, uma poderosa arma biológica é acidentalmente libertada de uma base secreta nos Estados Unidos. Um vírus extremamente mortal acaba dizimando quase toda a população da terra, excetuando uma pequena parcela resistente à ele. Logo os sobreviventes se vêem divididos e são obrigados a optar entre uma bondosa senhora de idade chamada Mãe Abigail ou um ser misterioso chamado Randall Flagg, cuja primeira atitude no momento de crise é recrutar a escoria da sociedade sobrevivente para formar o seu “batalhão”, tencionando conquistar, com eles, o que restou da civilização moderna pós apocalíptica. A partir daí começa um embate estilo “duro de matar” entre os dois grupos.
Apesar do lançamento em pocket de “A Dança da Morte” previsto para abril, é importante frisar que o livro no tamanho standard – aliás, um pouco maior que esse padrão – ainda continua a venda em algumas livrarias. Trata-se da edição lançada em 2005 e que inclui mais de 500 páginas de texto anteriormente eliminado e trechos inéditos que King acrescentou enquanto refazia o manuscrito para outra geração de leitores.
Acredito que a diferença  gritante, entre as versões pocket e standard deverá ser o preço, além daquelas letrinhas minúsculas maledetas . Enquanto o “livrão” custa R$ 99,90 – uma maneira disfarçada de cobrar R$ 100,00 – o livrinho com as tais letras miseráveis - que será lançado em abril - deverá ter um valor módico para caber no bolso da galera (rs).
04 – O Talismã (Lançamento: Abril)
Pocket de O Talisma já em pré-venda
Taí mais uma edição de bolso do King!! Caraca! A Suma de Letras (um dos selos da editora Objetiva) abriu as comportas dos pockets! Vou ser sincero. Não gosto muito dos chamados livrinhos. Tudo bem que é mais barato. Tudo bem que cabe no bolso e na bolsa. Tudo bem que o seu formato é um baita sucesso nos states. Tudo bem e tudo bem e mais tudo bem; mas eu não gosto pô!!!  Acho um saco. Aquelas letrinhas que judiam das nossas pupilas são um p... castigo. Mas vá lá; fazer o que né?
“O Talismã” foi publicado originalmente em 1983 e lançado no Brasil dois anos depois pela editora Franscisco Alves, mas a edição mais famosa e que vendeu horrores por aqui é a de 2007 publicada pela Objetiva com 505 páginas na versão standard e não no famigerado pocket.
Em "O Talismã", Stephen King convida o leitor a embarcar numa aventura com todos os ingredientes das histórias que o tornou o mestre do horror e da fantasia contemporâneo. Jack Sawyer, um garoto de 12 anos, está preste a iniciar uma jornada fantástica: a empolgante e assustadora busca de um talismã. Jack sabe que correrá vários riscos e que sua coragem e resistência física serão testadas a cada segundo. Ele dará tudo de si, pois de seu sucesso depende a vida de sua mãe... Para atingir sua meta, Jack terá de lutar contra um inimigo furioso e cruel que está disposto a fazer qualquer coisa para destruí-lo e atravessar não apenas os Estados Unidos de costa a costa, mas também os Territórios, uma região assombrosa e ameaçadora.
Enredo interessante não é mesmo? Se vocês forem como eu, que sofre de ojeriza pelos pockets, podem desembolsar aproximadamente R$ 70,00 e adquirir o digamos... livro no tamanho normal de “O Talismã”. Agora, se a galera não faz diferença quanto a tamanho, pode esperar a chegada da versão pocket que, inclusive já está em pré-venda em algumas livrarias virtuais. A previsão é de que a edição de bolso de “O Talismã” chegue nas mãos dos leitores em 22 de abril.
Decidam...
05 – O Vento através da Fechadura (Lançamento: Junho)
Pelo amor de Deus! Chega desse lance de pockets! Vamos falar escrever sobre l-i-v-r-o, de fato. Tudo bem... tudo bem... me desculpem aqueles leitores que são adeptos dos livrinhos de bolso; mas é que eu prefiro manter distância (rs).
Mas vamos ao que interessa. Buemba! Buemba! Stephen King resolveu lançar o oitavo volume da “super-saga” ‘A Torre Negra’. Pêra aí! Pode parar tudo! Como assim, oitavo se a saga foi concluída no sétimo volume mêo!! Gente. Calma aí; eu explico. È que o nosso ousado mestre do terror, talvez após um sopro de inspiração, resolveu escrever um livro que preenchesse alguns vazios da trama existentes entre os livros ‘Mago’ e ‘Lobos de Calla’, respectivamente quarto e quinto volumes de ‘A Torre Negra’.
Cara! Só mesmo um gênio como King poderia ter um insight desses. Escrever um livro que não seqüenciasse o anterior da saga, mas sim, aqueles escritos bem antes. Grande King!!
O livro foi lançado em abril do ano passado nos states e agora – nada mais justo – chegou a vez do Brasil. “O Vento através da Fechadura”, oitavo e – tudo indica – último volume da saga “A Torre Negra” aterrissa no País verde e amareloi em junho deste ano. E o melhor: em brochura, maior que o tamanho standard e não no famigerado estilo anão... Êpa.... Desculpas novamente....
Bem pessoal, mas tai! O importante é que uma das sagas mais famosas da literatura mundial e que demorou vinte e três anos para ser concluída terá mais um livro. E Zefini!
06 – Novembro de 63 (Lançamento: Novembro)
A Suma de Letras não tem nada de boba né? Deu o golpe, certinho (rs). Deixou pra lançar na ‘terrinha’, um dos livros mais aguardados de King – talvez, superando em expectativa até mesmo “Sob a Redoma” – no mês de novembro. Mas o que isso tem de diferente ou especial?? É simples. Novembro é título do livro que tem como trama principal o assassinato do presidente americano JFK que, como vocês sabem, aconteceu em novembro.
É claro que não vou escrever ‘tudo de novo’ sobre o livro, mesmo porque já publiquei vários posts sobre esse lançamento. Aos interessados que desejarem conhecer um pouco mais sobre o enredo da história, recomendo esse post aqui.
Ah! Antes que me esqueça... estou contando nos meus 20 dedos – 10 das mãos e outros 10 dos pés – a chegada da obra nas livrarias. Com certeza, serei um dos primeiros a adquiri-la.
07 – Pesadelos e Paisagens Noturnas (Lançamento: Novembro)
Prá você que se arrepiou com os contos: “O Piloto da Noite”, “A Dentadura Mecânica”, “O Dedo Semovente” e “Sabe, Eles Tem uma Orquestra do Diabo”; a boa nova é que a “Suma de Letras” também optou por relançar o famoso livro de contos de King, publicado originalmente em 1993, “Pesdadelos e Paisagens Noturnas.
Só uma dica e sem spoilers. O conto “Sabe, Eles Tem uma Orquestra do Barulho é antológico. Disparado o melhor do livro.
Prá variar, “Pesadelos e Paisagens Noturnas” será lançado na versão pocket.
Fico por aqui.
PS: Vai aqui um puxão de orelhas na Suma de Letras. Vários dos livros relançados nesse ano ainda podem ser encontrados facilmente nas livrarias e nos sebos. Portanto, sei lá... fica meio estranho... Acho que perde um pouco aquele ‘lance’ de novidade. O leitor acaba adquirindo o livro com aquele sorrisinho torto. – “Vou comprar porque sou fã do King, mas só por isso”. Geralmente são essas palavras de frustração que saem da boca da maioria dos leitores. Enquanto isso, fico por aqui sonhando – acho que delirando, caberia melhor - com os meus botões o dia em que poderei publicar o seguinte post no blog: “Fãs de King já podem comemorar! Depois de décadas de espera vem aí os relançamentos antológicos: A Hora do Lobisomem, A Metade Negra, Trocas Macabras, Os Livros de Bachman (sem a Furia, cuja publicação foi proibida pelo autor), Cão Raivoso, Angústia e Depois da Meia Noite”.
Estas sim, obras que valem a pena serem chamadas de ‘relançamentos verdadeiros’.

17 comentários:

  1. Pode ser que eu esteja enganado, mas tenho a impressão de que, há alguns meses, quando comecei a seguir teu blog, você disse em certa ocasião que gostava de king, mas não taaaaaaaaanto assim.

    O cara é bom, né? (exceto por Os Olhos do Dragão e A Hora do Vampiro, esses são bem fraquinhos)

    Dessa lista divulgada por você, me interesso muito por Quatro Estações. Mas creio que você já saiba o motivo.


    http://gatosmucky.blogspot.com.br/2012/12/the-shawshank-redemption.html

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cara é o cara!
      E vc está certo, curtia King, mas não com tanta... intensidade; mas depois as coisas mudaram. Culpa de 'Pesadelos e Paisagens Noturnas', 'Tripulação de Esqueletos', 'Rose Madder' e principalmente: 'Sob a Redoma'.
      Valew Augusto!
      Abcs!

      Excluir
  2. legal, parabéns pelo blog, tbm adoro o "Kinga"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thanks Lina!
      Não adianta, o 'Tourão' se acostumou a pronunciar "Kinga" e agora não há quem mude (rs).
      Abcs!

      Excluir
  3. Gente... eu adorei seu post! hahaha Ri muito. A gente sente a sua ansiedade e sua pressa no texto! Até fiquei cansada. rsrs

    Eu quase não leio Stephen, não por nada em especial, é que conheço muito pouco do trabalho dele. Só aquelas obras famosonas e olhe lá... Adorei seu blog, vim parar aqui por acaso, mas gostei e voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliana, nem me lembre. Acho que naquele dia eu precisaria de uma bonificação na 'dança das horas'. Vinte e seis voltas do 'ponteirão'já me ajudaria, mas tive que me virar com as 24 (rs).
      Fico contente por ter gostado do blog. Volte quantas e mais quantas vezes quiser.

      Excluir
  4. Eba! \O/ \O/
    Já vão para a listinha básica “As Quatro Estações”,(não sabia que Um Sonho de Liberdade era baseado num conto de King. É um dos meus favoritos). Também não sou muito fã de pockets , mas eu precisoooo ter esse.
    O Vento através da fechadura é outro tipo assim *-*. Vou ficar um mês sem almoçar para comprar. Do tamanho ideal da bolsa (não do bolso aiaiai).
    Ahhh e as capas estão lindas! Confesso ... já comprei livros pelas capas fofíssimas rs ...
    A Hora do lobisomem *_* é meu queridinho, amooo a narrativa objetiva sem devaneios. Um livro sobre lobisomens que não tem romance! Li numa tacada só! E é bacanérrimo dividido em meses.
    Ahh adorei o "KInga"!
    Augusto eu tb lembro que o J.A. disse que não gostava tantoooo assim do King. Eu continuo forte e firme como fã "Kingniana" de carteirinha rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luna, como vai?
      No caso de "As Quatro Estações", optei por adquirir a publicação de 1982, da Francisco Alves, num sebo virtual. Por aí já dá pra entender o meu pavor de pockets (rs).
      Com relação as capas das novas publicações, concordo com vc, de fato estão muito bonitas. O pessoal da Suma caprichou.
      Ah! Quanto a gostar tanto do trabalho de King, acho que mudei né (rs). Veja o que respondi para o Augusto e entenderá.
      Abcs e volte sempre!

      Excluir
  5. E só o King pra gerar tantos comentários.

    Ah, compartilhei este post no meu Facebook.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Augusto, parece que nos tornamos fãs do cara (rs). Vc, com certeza, há muito mais tempo (anos-luz) do que eu.
      Obrigado pelo compartilhamento.
      Valeu amigo!

      Excluir
  6. Você gostaria de receber milhares de visitas no seu Blog ou Site todos os dias?
    Conheça WWW.DIVULGABLOGSITE.COM
    Uma ideia simples porém genial!
    Um muro onde você cola nele o Banner do seu Blog
    ou
    Cola o nosso Banner na sua área de parceiros e aparece de graça automaticamente listado na página segundaria: divulgablogsite.com/referrer.php (a segunda página de maior visita do site)
    Recebemos uma média de 7 milhões de visitas diárias no muro!
    Mais de 400 Blogs já colaram nosso Banner, grave sua marca neste muro e faça parte da história da internet brasileira.




    Would you like to receive thousands of hits on your blog or website every day?
    Meet WWW.DIVULGABLOGSITE.COM
    A simple but brilliant idea!
    A wall where you paste it to your Blog Banner


    O único site totalmente gratuito especializado em promover encontros infiéis entre casados Trair.tk , apoia esta ideia.

    ResponderExcluir
  7. José Antônio, acabei de ler Quatro Estações:

    http://gatosmucky.blogspot.com.br/2013/11/quatro-estacoes.html

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. gostei do seu blog amigo.. me diga aqui, a suma de letras pretende publicar A COISA ?

    ResponderExcluir
  9. Obrigado Thiago.
    A Suma de Letras já anunciou em sua página oficial que irá relançar "A Coisa" em 2014, apenas não especificou uma data exata. Segundo a Suma, a história está sendo inteiramente retraduzida e ganhará capa nova.
    Aguardemos.
    Abcs!

    ResponderExcluir
  10. O livro versão pocket de A Dança da morte possui alguma coisa a mais do que as outras edições? E qual edição possui as 500 paginas a mais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto a edição normal da Objetiva (2005) quanto a edição econômica da Suma de Letras (2013) contem a versão completa da história.
      Abcs! :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...