domingo, 4 de setembro de 2016

5 blogs literários especiais que jamais deveriam ter sido desativados

Há mais de cinco anos quando decidi criar o “Livros e Opinião” tive a oportunidade de conhecer blogs fantásticos  que apesar de estarem há pouco tempo da blogosfera tinham um conteúdo muito atrativo; tão atrativo que acabei virando um grande fã.
Naquela época, muitos desses blogueiros eram estudantes universitários apaixonados por livros e que assim como eu, decidiram criar um espaço para expor as suas opiniões.
Foi com muita tristeza que percebi que vários desses espaços foram desaparecendo da Web. A maioria deles ‘faliu’ por algum contratempo. Sei lá, talvez o blogueiro desanimou-se com o pouco numero de seguidores, talvez não conseguiu conciliar estudo-trabalho-blog, talvez sofreu alguma decepção ou perda em sua vida que acabou refletindo negativamente em seu trabalho de blogueiro. Cara, podem ter sido tantos motivos. O que eu sei é que esses blogs estão fazendo muita falta, pelo menos para mim.
O curioso é que eles não tinham um visual elaborado e quase sempre o numero de seguidores era ínfimo. Alguns, nem mesmo dispunham de facebook, mas o seu conteúdo... PQP, como eram bons! Bons não; fantásticos!!
Ontem à noite ao chegar em casa para acessar as métricas do “Livros e Opinião”, aproveitei para visitar alguns desses blogs e percebi que o número daqueles que resolveram encerrar as suas atividades aumentou ainda mais. Então bateu uma nostalgia enorme dos primeiros blogs que conheci no início da minha jornada de blogueiro – isto, repito, há mais cinco anos – os quais não via a hora de devorar os seus posts.
Dessa forma, decidi escrever um post para homenagear esses blogueiros que por algum motivo decidiram dar um basta em seus trabalhos. Mas quer saber de uma coisa? Esse post tem mais um objetivo: tentar fazer com que essa galera volte a escrever. Quem sabe lendo esse texto, eles decidam retornar. Saibam que, certamente, além de mim, vocês tinham outros fãs, muitos deles ocultos e que hoje sentem falta das suas postagens.
E vamos aos blogs que jamais deveriam estar ausentes da Web:

01 – Bom Livro 1811
Blogueiro: Maurilei Teodoro
Maurilei, que pedrada! Verdade cara. Quando vi a sua mensagem anunciando o encerramento das atividades do “Bom Livro 1811”  levei um golpazo. Comecei a acompanhar os seus posts quando você deixou um comentário em minha página com o endereço de seu blog. Achei o nome “Bom Livro 1811” bem incomum e, assim, acabei visitando. A partir daí tornei-me fã e então, passei a acompanhá-lo regularmente.
Não sou o tipo de pessoa que dá muita importância ao visual de um blog. Pelo menos, para mim o que vale é o conteúdo. De nada adianta o sujeito ter um blog com template de ultima geração e cheio de novidades visuais, se os seus posts são vazios. É fácil colar resenhas de sobrecapas de livros ou releases de editoras ou então, simplesmente, fazer um texto dizendo que amou a obra e pronto.
O “Bom Livro 1811”, apesar do layout simples, tinha um “recheio” incrível. O Maurilei tem a capacidade de colocar muitas informações importantes dentro de um texto enxuto. E olha... conseguir sintetizar 400 ou até 1.000 páginas sem omitir detalhes importantes é muito complicado; não é para qualquer um, mas esse carinha que decidiu fechar o blog tem esse dom.
Maurilei preste atenção: falta de tempo e desânimo foram os dois motivos que você encontrou para encerrar as suas atividades como blogueiro, correto?  Então, diminua a publicação de seus posts: duas vezes por semana ou uma vez, que seja. Quanto ao desânimo, pense se vale a pena deixar no limbo todo o material que você escreveu e publicou, porque vai chegar o dia que o Blogger sumirá definitivamente com a sua página. Capisce?
02 – Gato Smuck
Blogueiro: Augusto Fernandes Salles
Não perdia nenhuma postagem do "Gato Smucky". Devorava os posts do Augusto. Texto fluido, detalhado e nada rebuscado. Se não me falhe a memória, o nome original do blog era Reg Thorpe; depois de algum tempo, foi alterado para Gato Smucky.
Além de literatura, incluindo quadrinhos, o “Gato Smucky” também tinha um vasto material sobre cinema. Sempre admirei o domínio do Augusto com relação aos quadrinhos e filmes. Não foi a toa que ele se tornou um cineasta muito competente de filmes curta-metragem que são exibidos com sucesso no YouTube.

Li posts antológicos e fiz questão de guardá-los temendo o dia em que o Blogguer encerrará definitivamente a página do “Gato Smucky”.  Vou citar algumas jóias lapidadas que tive a oportunidade de conferir: “A Gênese do Morcego”, “Vertigem”, “Sessão da Tarde” e “Sandman”.
Já estava pra falar um ‘treco’ para o Augusto há algum tempo, mas sempre protelei; acredito que agora chegou o momento: “Man, seus textos são tão bons que chegam a superar posts produzidos por jornalistas e blogueiros profissionais. Como você conseguiu ‘passar o machado’ num trabalho tão especial que demorou mais de três ou quatro anos para ganhar forma?
Eu me lembro que na época do lançamento de “Batman vs Supertman: A Origem da Justiça”, o dono do Gato Smucky me revelou através do Facebook que talvez, o filme de Zack Snyder conseguisse lhe devolver o ânimo para reativar o blog.
Juro que nunca torci tanto para que um filme fizesse sucesso. Verdade! Mas até agora, nadado Gato Smucky. O seu último post foi publicado em 02 de fevereiro de 2014.
03 – Clique Neurótico
Blogueira: Joelma Alves
“Bem ,esse é meu primeiro post , como todos podem ver. =D
Já faz um tempo que eu queria fazer um blog, mas faltava a coragem de todo o desocupado…
Como diria meu namorado, eu descobri a internet esse ano!Pois só agora (depois de 4 anos com internet em casa) passei a me interessar por coisas que não Orkut e MSN!!Agora adoro ficar procurando blogs legais, imagens fofas, notícias, novas tendências, entre milhões de outras coisas.”
Pois é galera, já deu pra perceber – nesse primeiro post publicado no Clique Neurótico há sete anos – que a Joelma era muito autentica, expondo as suas idéias de uma maneira bem espontânea. Costumava dizer que ela escrevia o que lhe vinha na cabeça, mas de um jeito que conquistava o leitor. Foi esta naturalidade dos seus posts que me transformou num grande admirador de seu trabalho.
O internauta encontrava de tudo no “Clique Neurótico”; desde resenhas de livros, dicas de moda, filmes e é claro, as deliciosas ‘pitadas’ da Joelma em vários assuntos do dia a dia. Muito bom meeesmo!
Há tempo que venho tentando acessá-lo, mas não consegui. No ano passado, descobri um Clique Neurótico na Web, mas com temas completamente diferentes daqueles que eram postados pela blogueira. Não satisfeito, vasculhei ainda mais na Rede e, então, ‘desenterrei’ um Clique Neurótico que estava aberto apenas para leitores convidados. Fiquei na dúvida se esse o blog de acessos restritos era aquele que eu curtia. Caraca! Confuso, né?
Uma pena...
04 – Parece Tamarindo
Blogueiro: Cássio Nandi
Olha, sem demagogia, sinto muita tristeza quando acesso o http://parecetamarindo.blogspot.com e aparece a mensagem: “O blog foi removido”. Acho que o Cássio Nandi começou o seu blog no mesmo período que o meu. Se houver uma diferença cronológica, acredito que seja muito pequena.
Naquela época, após escrever os meus posts, tinha o hábito de ficar zapeando os blogs que assinava e curtia; o “Parece Tamarindo” era um deles. Apesar do nome do blog não ter nada a ver com literatura, a maioria de seu conteúdo era de resenhas de livros novos e antigos. O Cássio tinha uma maneira peculiar de escrever. Ele procurava explorar detalhes desconhecidos da obra e também do autor, algo que eu achava o máximo. Resultado: você ficava conhecendo segredos inimagináveis da obra analisada.
Por isso, sempre falava para os meus colegas blogueiros que trabalhavam comigo – Agora vou ver o que o Cássio descobriu. – Pena que essas deliciosas descobertas literárias se encerraram.
Quem sabe após ler esse post, o grande Cássio não resolva reiniciar o seu trabalho de blogueiro literário. Uma sugestão é que republique todo o material do “Parece Tamarindo”. Tudo o que é bom tem que continuar.
05 – Quero Morar em uma Livraria
Blogueira: Lia
Acompanho o blog “QueroMorar em uma Livraria” há anos, mas fui pego de surpresa com duas afirmações da Lia. A primeira: Vou parar com o blog. A segunda: perdi um pouco a vontade de escrever quando descobri alguns  blogs com resenhas muito melhores do que as minhas. Naummmmm acredituuuu!! Foi este o meu grito e esta a minha reação ao ver as justificativas da blogueira para ‘matar’ um blog que eu fazia questão de acompanhar com frequência. Cara, como eu gostava dos textos. A postagem “Porque ler Jane Austen” é fantasticamente sedutora. Nela, a blogueira cita as vantagens de lermos a proeminente escritora inglesa. Os argumentos utilizados convencem qualquer pessoa a ler os romances da autora.
As dicas de leitura do “Quero Morar numa Livraria” também eram sui generis. Foi através do blog que conheci o livro “Clarice” de Benjamin Mozer, o qual li e adorei. Aliás, obrigado por essa dica, Lia.
À exemplo, da Joelma Alves – que já citei acima – a Lia era muito espontânea em seus textos. Parecia que estava batendo um papo cara a cara com os seus leitores. Esta originalidade, que falta para muitos blogs, quebra o gelo da escrita, deixando o texto muito mais atraente e gostoso de ler.
Uma pena que terminou.
Tomara que essa galera se reanime e volte a escrever. Vocês não imaginam como os seus posts estão fazendo falta.

Inté!

Um comentário:

  1. gostei bastante, iniciei como blogueira ao mesmo tempo que você em 2011.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...