sábado, 6 de janeiro de 2018

10 séries de TV baseadas em livros e HQs que vão estrear em 2018

Em um dos posts anteriores ‘falei’ sobre os livros que serão adaptados para o cinema em 2018. Seguindo essa mesma tendência, hoje quero postar novas obras literárias que também ganharão adaptações, mas para a televisão.
Vale lembrar que além da leitura de um bom livro, adoro assistir séries e minisséries de TV, o que me levou a fazer essa lista de 10 séries baseadas em livros e histórias em quadrinhos, que estarão ‘desembarcando’ na telinha ainda neste ano.
01 – The Alienist (TNT)
Baseada no livro O Alienista (Caleb Carr)
“O Alienista” do escritor americano Caleb Carr, lançado no Brasil pela Editora Record em 1995, pode ser considerado uma obra pioneira que revolucionou a história da criminalidade. O enredo abrange uma época em que questionar qualquer convicção arraigada na sociedade tinha conseqüências inesperadas e fatais.
A trama baseada no livro e produzida por Cary Fukunaga (responsável pela 1ª temporada de “True Detective) é ambientada na cidade de Nova York no ano de 1896 e aborda a caçada a um perigoso serial killer que levou pânico aos moradores de Nova York no final do século XIX. O que torna a trama ainda mais atraente é que os protagonistas não dispõem de aparatos modernos – por causa do período em que se desenvolve a história – que possam ajudá-los na análise dos crimes, passando a contar apenas com a sua inteligência e poder de dedução.
Os personagens centrais da história são o psicólogo criminal (também conhecido como alienista) Dr, Laszlo Kreizler e o jornalista John Moore que são convocados pelo comissário de polícia de Nova York para conduzirem a investigação em segredo.
Eles contam ainda com a ajuda de Sara Howard, uma jovem secretária do comissariado de polícia que está determinada a se tornar a primeira detetive de polícia da cidade de Nova York. 
No papel do alienista temos o ator alemão Daniel Bruhl que ficou conhecido em todo mundo graças ao filme de 2003 “Adeus Lenin!”. Nos anos seguintes, fez papéis de coadjuvantes em grandes produções como “O Ultimo Bourne”,  “Bastardos Inglórios” e “Capitão América: Guerra Civil”.
“The Alienist” tem estréia marcada no canal TNT para 22 de janeiro.
02 – Se Eu Fechar os Olhos Agora (Rede Globo)
Baseada no livro Se Eu Fechar os Olhos Agora (Edney Silvestre)
A Rede Globo começou em novembro do ano passado, as gravações da minissérie “Se Eu Fechar os Olhos Agora” que tem estréia confirmada para meados de 2018. A adaptação  terá poucos personagens, mas com um time de atores de primeira linha: Antônio Fagundes, Murilo Benício, Débora Falabella, Mariana Ximenes,  Betty Faria, Milton Gonçalves,  Marcos Breda, entre outros.
A minissérie de 10 capítulos, baseada no livro homônimo do jornalista carioca Edney Silvestre é um thriller ambientado em 1961. Na obra literária, dois meninos de 12 anos encontram o corpo de uma mulher, que foi morta e mutilada, às margens de um lago onde foram para matar aula.
Após a descoberta, eles não aceitam a explicação oficial do crime, segundo o qual o culpado seria o marido, o dentista da cidadezinha, motivado pelo crime. Os garotos começam então uma investigação por conta, ajudados por um velho que mora no asilo da cidade, um ex-preso político da ditadura Vargas.
Antônio Fagundes já está confirmado no elenco da minissérie
Toda esta situação acaba se transformando num terrível e dolorido caminho para o amadurecimento dos dois meninos de 12 anos para chegar a fase adulta.
O livro “Se eu fechar os olhos agora” venceu o Prêmio Jabuti, o mais importante do País, na categoria romance em 2010.
Eu só espero, alias torço desesperadamente, para que os diretores da minissérie não façam modificações profundas no enredo do livro, transformando a história numa desordem generalizada. O romance escrito por Silvestre é bom demais para ser mexido.
03 – Krypton (Syfy)
Baseada nas HQs da DC Comics criadas por Jerry Siegel e Joe Shuster
Baseada nos quadrinhos do mesmo nome de Jerry Siegel e Joe Shuster (criadores do Superman) esta série do canal Syfy possibilitará que os fãs do homem de aço possam conhecer a origem do famoso personagem da DC Comics.
O enredo adaptado pelos roteiristas da Syfy e que sofreu variações conforme a época de criação dos quadrinhos, se passa duas gerações antes da destruição do planeta natal do Superman. A história se centra em Seg-El, avô do famoso super, que será interpretado por Cameron Cuffe  (“Quem é essa mulher”), enquanto luta para redimir a honra de sua família e salvar seu mundo do caos.
Confira a sinopse oficial da série distribuída pelo canal Syfy : “Se passando duas gerações antes da destruição do planeta natal de Superman, Krypton acompanha Seg-El (Cameron Cuffe), o avô do lendário Homem de Aço – cuja Casa de El foi banida. Com a liderança de Krypton em desordem, Seg-El encontra o viajante do tempo Adam Strange (Shaun Sipos) que o avisa que ele deve lutar contra o tempo para salvar seu querido mundo do caos. Lutando para recuperar a honra de sua família e proteger aqueles que ama, Seg também enfrenta um conflito de vida e morte – salvar seu planeta natal ou deixá-lo ser destruído para restaurar o destino de seu futuro neto”.
A série que tem previsão de estréia para 21 de março mostrará Krypton 200 anos antes de sua destruição e do nascimento de Superman.
04 – A Guerra do Velho (Netflix)
Baseada no livro A Guerra do Velho (John Scalzi)
O livro da saga de ficção científica de John Scalzi é frequentemente comparado a um dos maiores clássicos de ficção cientifica de todos os tempos: ‘Tropas Estelares’ de  Robert Heinlein. O próprio Scalzi já confirmou que Heinlein é uma das suas maiores influências e que  “A Guerra do Velho” foi escrito seguindo os princípios que ele acredita serem próprios da escrita do autor que tanto admira.
Scalzi é um dos principais nomes da ficção científica contemporânea. Ganhador dos prêmios Hugo e Locus, o autor conquistou público, crítica e mercado. Em fevereiro de 2015, fechou um contrato com a editora Tor Books de cerca de $3,4 milhões, para publicar 13 livros nos próximos 10 anos. 
“A Guerra do Velho”, lançado em 2005, fez tanto sucesso que vai virar filme pela Netflix. Vejam bem, eu disse filme e não série ou minissérie.
O primeiro livro da saga de seis volumes – lembrando que a editora Aleph já lançou, aqui na terrinha, o tão aguardado 2º volume: “As Brigadas Fantasma” - mostra um mundo futurista onde os idosos podem optar por envelhecer e morrer na Terra ou então se alistar no exército interestelar, tendo suas consciências transportadas para versões mais novas e melhoradas dos seus corpos. A trama acompanha John Perry, um homem que torna-se militar aos 75 anos de idade e lidera um esquadrão na guerra contra alienígenas hostis.
O filme que será adaptado pela Netflix é parceria das produtoras Jon Shestack Productions (Fuga do Planeta Terra) e da Madhouse Entertainment (Os Suspeitos), e também contará com produção executiva de Scalzi.
Os comentários de bastidores são os de que o filme deve passar ainda este ano pela Netflix. Vamos aguardar.
05 – Objetos Cortantes (HBO)
Baseada no livro Objetos Cortantes (Gillian Flynn)
Amy Adams foi escolhida para o papel principal de Objetos Cortantes
Finalmente, o primeiro livro da autora Gillian Flynn “Objetos Cortantes” será adaptado para a TV no formato de uma série de oito episódios no total. A autora se tornou conhecida após a adaptação cinematográfica de seu livro “Garota Exemplar”. A HBO que comprou os direitos da obra para exibição ainda não tem um dia definido para a estréia, mas os produtores do canal confirmam que a série sai, de fato, neste ano de 2018. Prova disso são algumas imagens que já foram liberadas para as redes sociais.
Com reviravoltas surpreendentes, “Objetos Cortantes” narra o retorno da repórter Camille Preaker, recém-saída de um hospital psiquiátrico, à sua cidade natal para investigar o brutal assassinato de uma menina e o desaparecimento de outra. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã que praticamente não conhece.

Hospedada na casa da família, a jornalista precisa lidar com as memórias difíceis de sua infância e adolescência. E à medida que as investigações para elaborar sua matéria avançam, Camille passa a desvendar segredos perturbadores, tão macabros quanto os problemas que ela própria enfrenta. 
A série será protagonizada por Amy Adams (“A Chegada” e “Animais Noturnos”) e dirigida por Jean-Marc Vallée, responsável pelo filme indicado ao Oscar “Clube de Compras Dallas”.

06 – Fugitivos (Sony / Hulu)
Baseada na HQs da Marvel
Fugitivos, nova série de TV da Marvel, estreou nos Estados Unidos em 21 de novembro pelo serviço de streaming Hulu, mas no Brasil, os episódios só chegam em fevereiro pelo canal Sony.
Fugitivos foi adaptado para a televisão por Josh Schwartz e Stephanie Savage, criadores de Gossip Girl e acompanhará seis adolescentes muito diferentes entre si que são forçados a se unir quando descobrem que seus pais são parte de uma organização do mal.
Os Fugitivos são formados por: Chase Stein (Gregg Sulkin), Alex Wilder (Rhenzy Feliz), Nico Minory (Lyrica Okano), Karolina Dean (Virginia Gardner), Gert Yorkes (Ariela Barer) e Molly Hernandez (Allegra Acosta). Os quadrinhos de Brian K. Vaughan e Adrian Alphona foram originalmente publicados entre 2003 e 2004. 
“Fugitivos” (Runaways) recebeu críticas extremamente positivas. Até agora, o Rotten Tomatoes acumulou 10 análises da série, fazendo-a despontar com 100% de aprovação e uma média de 8.47%. 
07 - Manto e Adaga (Freeform)
Baseada nas HQs da Marvel
Caraca, quem são esses dois personagens? Certamente muitos fãs das histórias em quadrinhos mais chegados aos grandes super-heróis como Super-Homem, Batman, Mulher Maravilha, Homem Aranha, X-Men e outros, desconhecem esses dois heróis urbanos. Mas fiquem sabendo que eles também fazem parte do timaço da Marvel.
Criados em 1982 por Bil Mantlo e Ed Hannigan, Manto e Adaga surgiram pela primeira vez na edição 64 de The Spectacular Spider-Man (publicado no Brasil pela Editora Abril como Homem-Aranha nº 54) e desde então, passaram a fazer parte do time de heróis coadjuvantes das histórias do aracnídeo.
Eles são uma dupla de adolescentes que fugiram de casa e acabaram capturados por uma quadrilha que estava a procura de cobaias para testar uma nova droga experimental. Após terem a misteriosa substância injetada em seus corpos, os dois ganham superpoderes mutantes. 
O livia Holt será Adaga e Aubrey Joseph, Manto
Manto é capaz de se teleportar, além de ter uma dimensão-de-bolso dentro de seu manto para onde manda os inimigos. Adaga, por sua vez, lança poderosas adagas psiônicas de luz. Curiosamente os dois percebem que os seus poderes funcionam melhor quando estão juntos.
Os jovens e desconhecidos atores Aubrey Joseph e Olivia Holt darão vida a Manto e Adaga, respectivamente. O primeiro episódio da saga será dirigido por Gina Prince-Bythewood (A Vida Secreta das Abelhas), enquanto Joe Pokaski (Heroes) será o showrunner. O orçamento da série deve ficar em torno dos US$ 42 milhões. 
A primeira temporada de Manto e Adaga que será exibida pelo canal Freeform terá 10 episódios e sua estréia já está confirmada para o início de 2018.
08 – Amiga Genial (HBO)
Baseada no primeiro livro da tetralogia escrita por Elena Ferrante
Elena Ferrante é uma escritora italiana que explodiu no mercado literário graças a sua “Série Napolitana”, uma tetralogia, cujo primeiro romance, “A Amiga Genial”, foi um sucesso absoluto desde que foi lançado em 2011 na Itália para logo depois cruzar as fronteiras de outros países, inclusive o Brasil.
Cara, o curioso nisso tudo é que ninguém sabe, na realidade, quem é Elena Ferrante! A própria autora italiana diz que se trata de um pseudônimo. Acredita?! Ela só concede entrevistas por email e intermediadas pelo seu editor italiano, Sandro Ferri, que é o único a conhecer a sua identidade.
Os jornalistas comunicam com Elena por intermédio de Ferri. A justificativa para tanto mistério e anonimato é que a autora quer que os livros se imponham sózinhos, sem a sua ‘proteção’.
Cidade de Nápoles onde será filmada a adaptação de Amiga Genial
Bem, mas vamos ao que interessa. “Amiga Genial”, primeiro livro da tetralogia napolitana – ‘Amiga Genial’, ‘História do Novo Sobrenome’, ‘A História de Quem Foge e de Quem Fica’ e ‘A História da Menina Perdida’ – vai virar série com a adaptação pela HBO em parceria com a emissora italiana RAI.
Os livros contam a história das amigas Elena e Lila, da infância na década de 50 em uma Nápoles pobre e tomada pela violência, até a vida adulta.
A primeira temporada que contará  a história do primeiro livro da série terá oito episódios de 50 minutos cada.
As filmagens que tem atores italianos desconhecidos do grande meio cinematográfico começaram no verão europeu, ou seja, 21 de junho. A primeira temporada está sendo filmada toda em Nápoles. A expectativa é de que a série estréia por aqui no segundo semestre de 2018.
09 – Raio Negro (CW)
Baseada nas HQs  da DC Comics
Criado por Tony Isabella e pelo artista Trevor Von Eeden em 1977, Raio Negro foi um dos primeiros heróis negros a aparecer nos quadrinhos da DC, estreando em sua própria HQ homônima. Seus poderes incluem manipulação e geração de eletricidade, criação de campos de força, além de ter a habilidade limitada de voar.
A série da emissora CW é estrelada por Cress Williams com Raio Negro e Christine Adams como sua ex-esposa. Williams é mais conhecido por seu papel como o assassino Wyatt no seriado Prision Break.
Cress Williams será o Raio Negro na série do canal CW
Com roteiro do casal Mara Brock Akil (The Game, Being Mary Jane) e Salim Akil, a série acompanhará Jefferson Pierce, que escolheu deixar seu uniforme de lado anos atrás. Porém, com uma filha que teima em fazer justiça, ele será levado de volta à vida de vigilante como Raio Negro.
Uma das novidades da série é que Trovão - a filha do herói – interpretada pela atriz Nafessa Williams será a primeira super-heroína lésbica negra da TV.
Em seu Instagram, a atriz revelou que, assim como nos quadrinhos, sua personagem será lésbica. “Estão prontos para a primeira super heroína lésbica negra?”, escreveu.
Raio Negro deve estrear, agora, no início de janeiro.
10 – Castle Rock (Hulu)
Baseada em contos e livros de Stephen King
A série é a nova adaptação baseada em obras e personagens de Stephen King  que se passam na cidade fictícia de Castle Rock. O programa chegará  à TV em 2018 através do  serviço de streaming Hulu.
De acordo com a sinopse oficial, Castle Rock é  "uma série de terror psicológico ambientada no multiverso de Stephen King, Castle Rock, combinando a extensão mitológica e uma narrativa intimista dos trabalhos mais adorados de King, levando a uma saga épica de luz e escuridão, situada em alguns metros quadrados na floresta de Maine. 
A cidade fictícia de Maine, Castle Rock aparece de forma proeminente na carreira literária de King: 'Cão Raivoso', 'A Metade Negra', 'It - A Coisa', 'Trocas Macabras', além do romance 'O Corpo', e numerosas histórias curtas como 'Rita Hayworth e Um Sonho de Liberdade' (As Quatro Estações) ou são ambientadas lá ou contêm referências a Castle Rock. 
A série é um suspense/thriller original — o primeiro do seu tipo que reimagina e explora temas e mundos que unem o cânone de King, enquanto perspassam algumas de suas histórias mais amadas".
O que me deixa animado é a união de Stephen King com JJ Abrams. Duas feras hiper-competentes que dão toda a credibilidade que a série merece.
Castle Rock terá 10 episódios na primeira temporada e estréia em 2018, mas sem uma data definida.
Taí galera. Agora só resta aguardar a chega dessas séries. E com muita expectativa!

Indo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...