quarta-feira, 28 de março de 2018

Mestres do Horror e da Fantasia, uma coleção de livros da editora Francisco Alves que deixou saudades


Existem coleções de livros ou enciclopédias que com o passar do tempo tornam-se antológicas, tanto pela sua importância quanto pela sua raridade. Digo raridade porque a maioria delas entrou para o rol das obras extintas, ou seja, aquelas que você tem certeza que nunca mais serão reeditadas. Nesta hora, você pede à todos os santos para mexerem os pauzinhos e fazer com que alguma editora relance no mercado literário, pelo menos uma pequena parte daqueles livros que um dia integraram o ‘time dos seus sonhos’.
No meu caso, estou pedindo há vários anos para que um batalhão de santos faça a cabeça de qualquer editor tupiniquim - seja ele pequeno, médio ou grande -  a publicar novamente alguns livros da coleção “Mestres do Horror e da Fantasia”, pelo menos os mais raros. Depois de tanto pedir, resolvi encerrar as minhas lamentações pois sei que é praticamente impossível a volta dessa coleção.
Os leitores que perderam a oportunidade de adquirir essas verdadeiras obras primas da
literatura de terror, agora só restam recorrer aos sebos ou aos ‘mercados livres da vida’ em busca daquele exemplar perdido, desde que não seja muito raro; caso contrário esqueça.
Não se iludam, pois os poucos exemplares escritos por Stephen King, H.P. Lovecraft e alguns de Ray Bradbury estão sendo vendidos à preços absurdos.
A coleção “Mestres do Horror e da Fantasia” começou a ser publicada pela editora Francisco Alves em 1981. Logo de cara, começou com “Eu Sou a Lenda” de Richard Matheson; depois vieram outros lançamentos que fizeram a alegria dos leitores do gênero de terror e suspense. Vale lembrar que grande parte dos livros, hoje raros, de Stephen King fizeram parte dessa coleção. Vou citar alguns: “A Metade Negra”, “Depois da Meia-Noite”, “Trocas Macabras”, “Os Estranhos” e “Os Livros de Bachman”. E por falar em “Os Livros de Bachman”, ele não está em fase de extinção, ele já está extinto. Isto porque o conto “A Fúria” que faz parte do livro foi proibido pelo próprio Stephen King, o que significa que jamais poderá ser publicado novamente.
O motivo do autor ter proibido a reprodução desse conto – que chegou, também, a ser lançado no formato de livro em 1977 – foi a localização, pela polícia, de um exemplar dentro do armário do estudante Michael Cameal, responsável pelo tiroteio de Heath High School  que ocorreu em West Paducah, Kentucky, Estados Unidos, na segunda-feira 1 de dezembro de 1997. Carneal, então com 14 anos, abriu fogo sobre um grupo de  estudantes, matando 3 e ferindo 5. Depois deste tiroteio King pediu a sua editora para que parasse de publicar a história separadamente ou em coletâneas. Por isso os leitores que conseguiram comprar “ Os Livros de Bachman” antes da ocorrência dessa tragédia devem guardá-lo muito bem, porque jamais ele voltará às bancas.
Outra curiosidade interessante é que o leitor brasileiro não irá encontrar “Os Livros de Bachman” fora da coleção “Mestres do Horror e da Fantasia”. Ele foi lançado em 1991.
A coleção teve ainda outros títulos famosos, entre eles  “A Assombração da casa da Colina” (Shirley Jackson), “A Ilha do Dr.Moreau” (H.G. Wells), As Máquinas do Prazer (Ray Bradbury), “A Ultima Esperança sobre a Terra” (Richard Matheson). Os exemplares da Francisco Alves contam até mesmo com uma raridade: “Miniaturas do Terror”, o único livro de Tabitha King, esposa de Stephen King, lançado no Brasil.
Em 1993, o sonho terminaria com o anuncio feito pela editora de que a sua famosa coleção havia chegado ao fim. O seu lançamento derradeiro foi “Trocas Macabras” de Stephen King em 1992. Depois Zéfini.
Hoje, a maioria das obras que fazem parte de “Mestres do Horror e da Fantasia” são consideradas raras. Os seus preços ficam na casa dos R$ 80,00, passando pelos R$ 100,00, R$ 200,00, R$ 300,00 e por aí vai. Para se ter uma idéia, “Depois da Meia-Noite” de Stephen King custa em torno de R$ 600,00!
De fato, foi uma das coleções mais famosas da literatura de terror e que deixou muitas
saudades.

Confiram abaixo todos os livros que a Francisco Alves lançou em “Mestres do Horror e da Fantasia” durante os 12 anos de existência da coleção.
1981 - Eu Sou a Lenda (Richard Matheson)
1981 - O Enigma do Trem Perdido (Sir Arthur Conan Doyle)
1981 - O País de Outubro (Ray Bradbury)
1981 - O Retrato de Dorian Gray (Oscar Wilde)
1982 - Fobia (Thomas Luke)
1982 - O Passa-Paredes (Marcel Aymé)
1982 - Sombras da Noite (Stephen King)
1982 - Um Sussurro nas Trevas (H.P. Lovecraft)
1983 - A Assombração da Casa da Colina (Shirley Jackson)
1983 - A Casa das Bruxas (H.P. Lovecraft)
1983 - A Ilha do Dr. Moreau (H.G. Wells)
1983 - As Máquinas do Prazer (Ray Bradbury)
1983 - Christine (Stephen King)
1984 - A Alma de Anna Klane (Terrel Miedaner)
1984 - A Última Esperança Sobre a Terra (Richard Matheson)
1984 - O Alimento dos Deuses (H.G. Wells)
1984 - O Cemitério (Stephen King)
1984 - Os Dias do Cometa (H.G. Wells)
1984 - Terror na Oktoberfest (Frank De Felitta)
1985 - As Miniaturas do Terror (Tabitha King)
1985 - O Feitiço de Aquila (Joan D. Vinge)
1985 - O Homem Invisível (H.G. Wells)
1985 - O Talismã (Stephen King e Peter Straub)
1986 - O Demônio de Gólgota (Frank De Felitta)
1987 - A Coisa - Volume 1 (Stephen King)
1987 - A Coisa - Volume 2 (Stephen King)
1987 - Tripulação de Esqueletos (Stephen King)
1988 - Angústia (Stephen King)
1988 - Os Olhos do Dragão (Stephen King)
1988 - Quatro Estações - Inverno no Clube (Stephen King)
1988 - Quatro Estações - Outono da Inocência (Stephen King)
1988 - Quatro Estações - Primavera Eterna (Stephen King)
1988 - Quatro Estações - Verão da Corrupção (Stephen King)
1989 - A Maldição do Cigano (Stephen King)
1989 - Dança Macabra (Stephen King)
1990 - A Noiva da Maldição (Thomas Altman)
1990 - Dissecando Stephen King (Tim Underwood e Chuck Miller)
1990 - Natal Negro (Thomas Altman)
1990 - Os Estranhos (Stephen King)
1990 - Os Livros de Bachman (Stephen King)
1991 - A Metade Negra (Stephen King)
1991 - A Tumba ...E Outras Histórias (H. P. Lovecraft)
1991 - Quatro Estações (Stephen King)
1992 - Depois da Meia-Noite (Stephen King)
1992 - Koko (Peter Straub)
1992 - Marcha Fúnebre das Marionetes (Frank De Felitta)
1992 - Mistério - O Crime da Rosa Azul (Peter Straub)
1992 - Morte de Um Fantasma (Margery Allingham)
1992 - O Berço (Paul Kent)
1992 - Trocas Macabras (Stephen King)

2 comentários:

  1. São tantos livros bons, não entendo pq não relançam. Eu tenho alguns raros do King, mas acho que nunca terei todos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que a Francisco Alves tenha perdido o direito de várias obras que acabaram sendo adquiridas por outras editoras. Um exemplo disso é a Companhia das Letras que através de seu selo Suma de Letras comprou os direitos de tradução e lançamento dos livros de Stephen King, incluindo vários antigos. Estou na torcida para que relancem "Depois da Meia-Noite" e "A Metade Negra". Tomara que sejam os próximos da coleção de raros "Biblioteca Stephen King".
      Grande abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...