domingo, 31 de dezembro de 2017

10 livros que irão parar nas telas dos cinemas em 2018



Todo final de ano cresce a expectativa de leitores e cinéfilos com relação as adaptações cinematográficas, ou seja, os livros que estarão emprestando os seus enredos para as telonas. Prá ser sincero, estou temeroso com alguns roteiros. Explicando melhor: às vezes, o livro chega a ser tão bom, mas tão bom que é melhor deixá-lo ali, em seu canto, quietinho sem mexê-lo. É verdade! Mas então, chegam alguns roteiristas malucos e transformam aquela obra prima numa bagaceira.
Mas deixando esse ‘medo particular’ de lado, vamos conferir os livros que serão adaptados para os cinemas em 2018. Todos eles confirmadíssimos, salvo algum ‘desastre’ de ultima hora.
Anotem aí:
01 – A Garota na Teia de Aranha (David Lagercrantz)
Claire Foy (Lisbeth) e Sverrir Gudnason (Mikael)
O livro de David Lagercrantiz – que assumiu a saga Millennium após a morte de Stieg Larsson – vai de fato parar nas telonas. Segundo a Sony, “A Garota na Teia de Aranha”, quarto livro da estréia em 5 de outubro de 2018.
A novidade que deve deixar apreensivos os fãs de Millennium que adoraram o filme “O Homem que Não amava as Mulheres” – que abrangeu os três primeiros livros da série -  será a ausência dos atores Daniel Craig e Rooney Mara, que fizeram os papéis do jornalista Mikael Blomkvist e da hacker Lisbeth Salander. Eles serão substituídos respectivamente por Sverrir Gudnason e Claire Foy. O primeiro é um ator sueco de 39 anos que viveu recentemente o tenista Bjorn Borg no filme Borg/McEnroe, quanto a Foy vem recebendo muitos elogios como a rainha Elizabeth II na série televisiva da Netflix “The Crown”.
“Em A Garota na Teia de Aranha”, Lisbeth e Mikael precisam juntar forças para enfrentar uma nova e terrível ameaça.
Vamos aguardar para ver como se comportará nova dupla de Millennium escolhida pela Sony.
02 – Roleta Russa (Jason Matthews)
Jennifer Lawrence
Uma ex-bailarina russa que é forçada a tornar-se uma espiã e super agente, e acaba se descobrindo a melhor assassina da Rússia. Porém, quando desenvolve uma paixão proibida por um oficial da CIA que era seu principal alvo, o futuro e a vida dos dois acabam sendo colocados em risco. O enredo desenvolvido pelo escritor Jason Mattews em Roleta Russa é muito bom, tão bom que a toda poderosa Hollywood decidiu levá-lo para as telonas, mas com um nome diferente do livro. O filme que estréia no Brasil em 2 de março se chamará “Operação Red Sparrow”.
No papel da agente russa Dominika Egorova, teremos a beleza sedutora da atriz Jennifer Lawrence. Se vocês são fãs de carteirinha da trilogia “Jogos Vorazes” sabem de quem estou falando. Aliás, a dobradinha ‘A La Jogos Vorazes” tornará a se repetir, já que além de Lawrence como protagonista, teremos ainda Frances Lawrence na direção; a mesma que dirigiu “Jogos Vorazes: A Esperança – O Final)
03 – Todo Dia (David Levithan)
Para aqueles que gostam de histórias de amor que fogem do “cardápio convencional”, “Todo Dia” é um prato cheio e muito saboroso. David Levithan idealizou um romance com toque de magia e surrealismo.  O autor narra a história sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A (isso mesmo, simplesmente A), por quem se apaixona. Só que A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Quando decide embarcar nesse relacionamento, Rhiannon terá de enfrentar inúmeros desafios.
A será interpretado nos cinemas por vários atores diferentes, como Justice Smith (The Get Down), Lucas Jade Zumann (A Entidade 2) e Katie Douglas. Rhiannon será vivida por Angourie Rice de “Dois Caras Legais“.
O filme estréia dia 23 de fevereiro nos Estados Unidos e ainda não tem data definida para o Brasil.
04 - O Jogador Nº 1 (Ernest Cline)
O que vocês acham de um filme dirigido por Steven Spielberg?  Pois é galera, esta fera estará comandando o show na adaptação cinematográfica: “O Jogador Nº 1”.
O sucesso do livro de Ernest Cline lançado em 2011 foi instantâneo e conquistou um grande numero de leitores que se amarraram na história de um adolescente que em 2044 acaba ficando preso num universo virtual.
Neste futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna.
Tudo indica que Spielberg leu o livro de Cline e se interessou pela trama e decidiu produzir e dirigir a sua adaptação.
“ O Jogador Nº 1” estréia nos cinemas do País no dia 5 de abril..
05 – Aniquilação (Jeff Vandermeer)
O diretor Alex Garland, responsável pelo filme “Ex-Machina: Instinto Artificial”, ganhador do Oscar de Melhor Roteiro, terá a partir de agora uma baita responsabilidade: conduzir a adaptação cinematográfica de “Aniquilação”, obra de ficção científica escrita por Jeff Vandermeer e que ganhou o prêmio Nebula Award de melhor romance de sci-fi em 2014. O livro é a primeira parte de uma trilogia.
No filme, uma bióloga (Natalie Portman) embarca numa expedição com outras quatro mulheres (uma Antropóloga, uma psicóloga e uma topógrafa) para um local chamado de ‘Área X’, que é totalmente isolado da civilização. Lá, elas precisam enfrentar numa misteriosa contaminação, o desaparecimento de colegas e um animal mortal chamado de Crawler.
A estréia acontece em 23 de fevereiro.
06 – Maze Runner – A Cura Mortal (James Dashner)
Maze Runner de James Dashner é uma das sagas mais rentáveis da literatura e também dos cinemas. Tanto livros quanto filmes venderam como água no deserto. E surprise; quem pensava que a crítica especializada iria cair de pau em cima de livros e filmes se enganou. Os críticos, pelo menos a maioria, derramaram elogios para os cinco livros (Correr ou Morrer, Prova de Fogo, A Cura Mortal, Ordem de Exterminio e O Código da Febre) e os dois filmes (Correr ou Morrer e Prova de Fogo). E com toda a certeza, tanto os críticos quanto os cinéfilos também irão aprovar o filme “A Cura Mortal” que encerra a trilogia nos cinemas.
O motivo de tanta certeza? Ok, eu digo. O livro foi hiper elogiado e ‘super-hiper’ vendido. Seguindo o mesmo exemplo, o trailer do terceiro filmes foi hiper e hiper também.
Em “Maze Runner – A Cura Mortal” que estréia nos cinemas em 25 de janeiro, Thomas (Dylan O' Brien) embarca em uma missão para encontrar a cura para uma doença mortal e descobre que os planos da C.R.U.E.L podem trazer consequências catastróficas para a humanidade. Agora, ele tem que decidir se vai se entregar para a C.R.U.E.L e confiar na promessa da organização de que esse será seu último experimento.
Para quem não está a par do “Universo Maze Runner”, C.R.U.E.L é uma organização formada com o objetivo de encontrar a cura para FULGOR. FULGOR??  Olha, antes que eu detone o post com spoillers tentando explicar esse outro termo, melhor seria você ler os livros e depois assistir aos filmes.
Pronto falei (rs)
07 – Uma Dobra no Tempo (Madeleine L’Engle)

Um elenco estelar para uma adaptação cinematográfica que promete. Pelo menos se seguir o mesmo rumo do livro de Madeleine L’Engled que faleceu em 2007. Até mesmo uma das personalidades mais influentes da TV americana, a apresentadora Oprah Winfrey, fará parte do time de atores. Querem mais alguns? Então, anotem: Chris Pine (o capitão Kirk da nova franquia Star Trek) e Reese Witherspoon (vencedora do Oscar em 2005 pela sua atuação no filme Johnny e June).
A autora lançou “Uma Dobra no Tempo” em 1962. O livro fez tanto sucesso que acabou ganhando, recentemente, uma edição comemorativa da editora Harper Collins.
O livro escrito por L'Engle conta a história da família Murry, cujo pai pesquisava a possibilidade de viajar no tempo quando desapareceu misteriosamente. Assim, Meg, seu amigo Calvin e seu irmão Charles precisarão viajar para outros pontos do tempo e do espaço para que Meg resgate seu pai. Na aventura, o trio enfrenta forças do mal, conhece novos seres e planetas e descobre o que é tesseracto - a tal dobra no tempo.
A produção dos estúdios Disney estréia nas terras tupiniquins logo no início de março.
08 – Mentes Sombrias (Alexandra Bracker)

“Mentes Sombrias” foi outro livro de sucesso que vem recebendo rasgados elogios desde o ano de seu lançamento, 2013. E pra variar trata-se de uma trilogia. Aliás, por que será que escrever ‘livros de três’ se tornou uma verdadeira febre entre a maioria dos autores?
O livro de Alexandra Bracker retrata um mundo em que a maioria das crianças e adolescentes dos EUA foram dizimadas por uma pandemia. Quando os poucos sobreviventes começam a desenvolver poderes, eles são todos aprisionados em um local provido pelo governo.  
O primeiro volume da trilogia  apresenta a protagonista Ruby, uma menina de 16 anos com poderes telecinéticos (mover objetos com a mente) que escapa de uma dessas prisões e entra para um grupo de adolescentes que fogem do governo.
Quanto ao filme, a novidade é que será rodado em live-action, tecnologia que  possibilita a interação entre atores reais e elementos criados por meio de animações. Dois trabalhos notáveis que utilizaram  essa técnica foram: “Uma Cilada para Roger Rabbit” (1988) e “Space Jam: O Jogo do Século” (1996).
A diretora escolhida é Jennifer Yuh Nelson, a mesma dos dois filmes Kung Fu Panda. “Mentes Sombrias” será o primeiro filme live-action que ela dirigirá. Vamos ver como a moça da Coréia do Sul se sairá nessa nova empreitada cinematográfica que tem estréia prevista para 14 de setembro de 2018.
09 – Cinquenta Tons de Liberdade (E L James)
A pergunta que todos os fãs da saga “Cinquenta Tons” faz  é a seguinte: - Será que o final do filme é o mesmo do livro de E L James? Só mesmo assistindo para saber. Talvez, tenhamos até um The End bem diferente dos parâmetros da obra literária.
“Cinquenta Tons de Liberdade”, produzido pela Universal Pictures, que estréia nos cinemas no dia 09 de fevereiro, retrata o casamento de Anastasia Steele (Dakota Johnson) com Christian Grey (Jamie Dornan). Mas como toda união matrimonial passa por testes de fidelidade, a do casal de “Cinquenta Tons” não será diferente. Pouco tempo após o casamento, Grey passa a ser o centro das atenções da abusada arquiteta Gia (Arielle Kebbel). Porém, esse não será o único problema do casal... Afinal Jack Hyde (Eric Johnson) – novo chefe de Anastasia e seu futuro pretendente – e Elena Lincoln (Kim Basinger) – uma das mulheres do passado de Grey –chegam para deixar a trama ainda mais apimentada.
10 – Cadê você, Bernadette (Maria Semple)
Cate Blanchett será a Bernadette do título
E finalizando a nossa lista, temos a adaptação do livro “Cadê você, Bernadette” da escritora americana Maria Semple. O best-seller conta a história de Bee, uma menina de 15 anos, que está à procura de sua mãe desaparecida, Bernadette.  Para encontrá-la, Bee compila e-mails, documentos oficiais e correspondências secretas, buscando entender quem é essa mulher que ela acreditava conhecer tão bem e o motivo de seu desaparecimento.
 Para viver a mãe de Bee foi escolhida uma atriz do primeiro time de Hollywood: a australiana Cate Blanchett que fez a vilã Hela em “Thor Ragnarok”. Fantástico, não acham?
O roteiro da adaptação cinematográfica está nas mãos de Scott Neustadter and Michael H. Weber, de “500 Dias com ela”. 
A previsão é que o filme aterrisse por aqui no mês de maio.
Bem galera, agora só resta aguardar a chegada das datas de lançamento desses 10 filmes. Enquanto isso fica a dica para que vocês leiam ou releiam as obras que serão adaptadas para depois compará-las com as produções cinematográficas.
Inté!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...