segunda-feira, 12 de junho de 2017

Guia do Ciclista Urbano chega para acabar com o drama dos amantes de bikes

Quando não estou trabalhando e sobra algum tempo, geralmente gosto de dar ‘algumas pedaladas por aí’. Pego a bike de segunda mão e saio pedalando por ruas e avenidas. De preferência, aquelas com menos fluxo de veículos. Cara, confesso que já enfrentei poucas e boas, desde fechadas, xingos, gestos obscenos, sem contar aqueles engraçadinhos metidos a sádicos que gostam de andar colado na sua rabeira ou traseira, da bicicleta, bem entendido (rs).
O meu consolo nessas horas e que acaba evitando mandar o FDP para aquele lugar, é comparar a minha humilde via crucis com a dos ciclistas urbanos das grandes cidades, entre elas, São Paulo. Mêo! Se eu sofro esse ‘assédio’ numa cidade com menos de 30 mil habitantes, imagine o drama dos heróicos ciclistas das grandes metrópoles onde caberiam milhares de cidades como a minha.
Por esse motivo, o livro “Guia do Ciclista Urbano” do escritor, blogueiro e ciclista Alex Gomes Peixoto chamou a minha atenção, aliás, chamou muuuiiito a atenção. Pensei com os meus botões: -“Cara, essas dicas irão facilitar a vida de um grande numero de ciclistas, sejam eles experientes ou marinheiros de primeira viagem, como eu”.
A obra que será lançada no dia 18, próximo domingo, pode ser considerada uma bíblia para toda a galera do pedal, afinal de contas foi escrita por um sujeito que domina o assunto. Tá duvidando? Então anote aí as credenciais do cara: ele é mestre em estética e história da arte pela Universidade de São Paulo com a dissertação "Narrativas visuais: os ciclistas de Iberê Camargo", na qual analisa a série de pinturas "Ciclistas da redenção" do pintor gaúcho tendo por base as pesquisas sobre o ofício do narrador de Walter Benjamin. Desde 2015 é editor do blog "São Paulo na bike" no jornal "O Estado de São Paulo" e também é um dos coordenadores do coletivo Bike Zona Sul, que promove o uso da bicicleta nas vertentes lazer, mobilidade urbana e turismo no sul da capital. E aí? Sentiu firmeza? Pois é, o sujeito ‘come, bebe e respira bicicleta’! Quer alguém mais capacitado para escrever sobre esse tema?
Na obra poderão ser encontradas desde dicas para escolher a bike mais adequada ao seu perfil até orientações de como enfrentar o trânsito em grandes cidades. Nela o ciclista também aprenderá a fazer sozinho alguns consertos básicos e entenderá como funciona a estrutura cicloviária da cidade, com suas ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Em linguagem simples e objetiva ricamente ilustrado, o "Guia do Ciclista Urbano" possibilita ao leitor compreender rapidamente os princípios básicos sobre o funcionamento da bicicleta e como circular nas cidades. E até mesmo quem não tem bike pode aproveitar o livro, pois apresenta a relação das cidades brasileiras que contam com o serviço de bicicletas compartilhadas e suas regras de uso.
Este livro é para você que tem visto crescer o número de ciclistas pela cidade e que também quer fazer parte dessa turma que decidiu deixar de ver o trânsito pela janela do carro e trocou o motor pelo pedal. Segundo release da editora Scortecci, a obra trás dicas desde dicas para escolher a bike mais adequada ao seu perfil até orientações de como enfrentar o trânsito em grandes cidades.
Como já disse acima, o “Guia do Ciclista Urbano” será lançado no dia 18 de junho, um domingo. A sessão de autógrafos com o autor acontece das 10 às 13 horas na Casa das Rosas (Giostri Livraria), na Avenida Paulista, 37, Bela Vista, São Paulo.
Acredito que o “Guia do Ciclista Urbano” será um livro indispensável para todas as pessoas que já incluíram a bike em sua rotina de vida.
Lembrando que a obra já pode ser adquirida na Livraria Asabeça (http://bit.ly/2rU20yR).
Inté!
Detalhes Técnicos
Editora: ScortecciISBN: 8536651636
ISBN13: 9788536651637
Edição: 1ª Edição - 2017
Número de Páginas: 80
Acabamento: BrochuraFormato: 14.00 x 21.00 cm.
Preço: R$ 30,00 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...