segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

10 livros que serão lançados em 2016 com garantia de sucesso

Quero agradecer ao Marquinhos, um colega meu, pelo ‘nascimento’ desse post. Foi graças à ele que o texto surgiu. Este meu amigo é fissurado em listas, mas listas cinematográficas. No início de semana, ele me perguntou todo empolgado sobre as novidades dos cinemas para 2016. – Jam, quais serão os 10 filmes mais aguardados para 2016?! Com certeza, hoje a noite vou vasculhar na Net para descobri! – Foi tiro e queda; quando ele acabou de pronunciar essas palavras, tive o ‘insight’ de criar um post, mas ao inverso, ou seja: saem os filmes e entram os livros.
É certo que se os grandes estúdios de Hollywood tem as suas apostas para esse ano, o mesmo acontece com as grandes editoras de livros. Assim, fui correndo pesquisar, fuçando os sites de “N” editoras em busca de informações. E olha... descobri muitas novidades. Posso dizer que teremos um 2016 recheado de blockbusters literários. E vamos à eles.
01 – Mr. Mercedes (Stephen King)
Cara, espera um pouco que o meu coração disparou... Finalmente, um dos romances mais comentados, elogiados, aguardados e amados do mestre do terror chegará ao Brasil? É isto mesmo?! Pois é galera, felizmente é verdade.
A Suma de Letras, responsável pela publicação das obras de Stephen King no Brasil, confirmou para março de 2016 a publicação de “Mr. Mercedes” que faz parte de uma trilogia com o detetive Bill Hodges. A editora aproveitou também para anunciar que adquiriu os direitos  de “Finders Keepers”, segundo volume dessa trilogia.
Os dois livros já lançados nos states conquistaram rasgados elogios da crítica especializada – que nem sempre é favorável a King – e também dos leitores. “Mr. Mercedes” fez tanto sucesso que acabou garantindo uma série de televisão. A Sonar Entertainment anunciou que vai adaptar o livro para as telinhas.
“Mr. Mercedes” é um thriller de mistério. No contexto está o policial aposentado, Bill Hodges, que acaba saindo do ostracismo para encontrar um assassino psicótico chamado Mr. Mercedes que cometeu um assassinado em massa dirigindo seu Mercedes anos atrás. Como já disse, o livro é a primeira parte de uma trilogia planejada para o personagem que já está em seu segundo volume.
02 – Guerreiros da Tempestade (Bernard Cornwell)
Se o título traduzido para o português não for este, pelo menos estará bem próximo. O livro “Warrior of the Storm”, 9º volume das “Crônicas Saxônicas” de Bernard Cornwell foi lançado com grande estardalhaço nos Estados Unidos e Inglaterra. Afinal, os amantes da saga envolvendo Uhtred, Aethelflaed, Stiorra, Eduardo, Finan, Osfert, Ragnar e tantos outros já estavam impacientes para saber qual o destino de alguns personagens importantes. No meu caso, não vejo a hora de saber o destino de Stiorra, filha de Uhtred, que se casou com um suposto inimigo dos saxões. De que lado penderá a lealdade do famoso guerreiro de Bebbanburg? Dos saxões ou dos pagãos? E quanto a Aethelflaed? Será que conseguiu se manter no trono, ostentando o título de “Senhora da Mércia”?
Mas acredito que a grande expectativa dos leitores brasileiros está relacionada as memoráveis batalhas descritas por Cornwell e também as famosas e letais paredes de escudos.
Em “Warriors of the Storm”, uma paz frágil reina em Wessex, Mercia e Anglia, governados pelos filhos do rei Alfredo: Eduardo e Aethelflaed. Mas por todos os lados, os guerreiros nórdicos estão se unindo em um imenso exército para conquistar de uma só vez as terras saxônicas.
Uhtred de Bebbanburg, o maior guerreiro dos reinos saxônicos, controla o norte de Mércia, liderando as tropas da cidade fortificada de Chester. Mas grupos imensos de guerreiros nórdicos estão se reunindo contra ele. Tribos do norte aliadas à guerreiros irlandeses, liderados pelo feroz rei Ragnall Ivarson, partem para conquistar os reinos saxônicos. Apesar da ameaça do confronto, tanto Eduardo quanto Aethelflaed estão relutantes em sair da segurança de suas fortificações, e confiam em Uhtred para sua defesa. Porém, o casamento de sua filha com o irmão de Ragnall Ivarson, coloca mais tempero ao enredo.
O livro deve chegar ao Brasil no segundo semestre deste ano. Aguardemos...  e roendo as unhas.
03 – A Corôa (Kiera Cass)
Se você é freqüentador assíduo do blog já deve saber que não curto distopias, salvo raríssimas exceções, entre as quais “O Jogo do Exterminador” e “Admirável Mundo Novo”. No mais, olha, definitivamente, fecho os olhos para esse tema, mas por outro lado, não sou tão brucutu, ao ponto de não reconhecer o sucesso do gênero.
Enredos distópicos vendem uma barbaridade no Brasil e estão enriquecendo uma pá de jovens escritores, alguns nem tão talentosos. São apenas autores razoáveis, mas que tiveram sorte ao criar contextos mirabolantes e personagens surreais que consquistaram o público teen.
Kiera Cass é uma dessas autoras. Ela é a idealizadora da série “A Seleção” que já está em se 4º livro. A saga que conta a história de América e também da herdeira Eadlyn vendeu ‘horrores’ em todo o mundo. No Brasil, então, vichiii! Estuporou de vendas.
Agora, finalmente, Cass decidiu colocar um ponto final na saga ao anunciar o 5º e ultimo livro que irá se chamar “A Coroa” (The Crown). O comentário que rola nas redes sociais é que a obra será lançada simultaneamente em vários países, inclusive no Brasil, no dia 03 de maio de 2016.
04 – A Ditadura Acabada (Elio Gaspari)
Durante três décadas, o jornalista Elio Gaspari reuniu documentos inéditos e fez uma exaustiva pesquisa sobre o governo militar no Brasil. O resultado desse meticuloso trabalho gerou um conjunto de quatro volumes que compõe uma obra sobre a história recente do país. A série é formada por quatro livros: A Ditadura Envergonhada, A Ditadura Escancarada, A Ditadura Derrotada e a Ditadura Encurralada .
Gaspari vai fundo em suas pesquisas e desencava temas delicados como a edição do AI-5, no final de 1968, que suspendeu direitos constitucionais dos brasileiros, dando início a ditadura militar. Reconstitui os momentos mais tenebrosos do regime, como a prática da tortura contra os opositores do sistema e a violência empregada contra os guerrilheiros do Araguaia, um dos últimos núcleos de resistência política. O assassinato do jornalista Wladimir Herzog em outubro de 1975, nas dependências de uma unidade do Exército também é abordada de maneira profunda. Enfim, Gaspari faz revelações surpreendentes. Tão surpreendentes que os livros chegaram a ganhar status de Best Seller.
E agora, depois dos quatro volumes publicados nos quais tratou do surgimento da ditadura, sua radicalização, o início de sua abertura e seu declínio; o conhecido jornalista volta com um novo tomo: “A Ditadura Acabada”. Dessa vez, Gaspari vai tratar do final do regime militar. Serão duas histórias: uma sobre os últimos 14 meses do governo Geisel; outra, sobre o governo Figueiredo.
A editora Intrínseca deve lançar “A Ditadura Acabada” no mês de junho.
05 – Vozes de Chernobyl (Svetlana Alexievich)
Em março – após 18 anos - chega ao Brasil “Vozes de Chernobyl”, o livro mais famoso da bielorussa Svetlana Alexievich, vencedora do Prêmio Nobel de Literatura de 2015.
A obra publicada, originalmente, em 1997 conta com o Prólogo de Lyudmilla Ignatenko, mulher de um bombeiro morto por causa da explosão do reator nuclear de Chenobyl e intitula-se Uma Voz Humana Solitária.
"Vozes de Chernobyl" documenta as vivências orais sobre o trauma causado pela maior catástrofe nuclear da história da humanidade e que evidenciou a ameaça que o fracassado projeto soviético representava para o resto do mundo.
Tudo começou no dia 26 de Abril de 1986 quando uma anomalia inesperada provocou várias explosões no reator 4 da central nuclear de Chernobyl, o qual acabou entrando em combustão. Ninguém soube como lidar com o problema. Os bombeiros foram enviados para o local sem qualquer tipo de proteção, ficando expostos a um nível de radiação letal.
O livro revela que os bombeiros desmaiavam com freqüência e a maioria teve de ser entubada. Os médicos, por sua vez, diziam que eles tinham sido contaminados com gás. Ninguém, absolutamente ninguém falou de radiação. A cidade foi imediatamente inundada com veículos militares, e todas as estradas foram encerradas. 
Absolutamente nenhuma autoridade falava de radiação, mas por outro lado, somente os militares usavam máscaras nas ruas da cidade.
“Vozes de Chernobyl”, com certeza, será um verdadeiro sucesso literário no Brasil.
06 – Os Ventos do Inverno (George R.R. Martin)
Um dos editores das “Crônicas de Gelo e Fogo”, na Espanha, deu uma declaração muito animadora para os fãs da saga idealizada por George R.R. Martin. “Os Ventos do Inverno”, 6º volume da famosa série literária deve chegar às livrarias tupiniquins ainda em 2016, provavelmente antes da 6ֺª temporada da série de televisão. Este editor chamado Alejo Cuervo trabalha nas Ediciones Gigamesh, a editora que detém os direitos dos livros na Espanha e conhece Martin pessoalmente. Ele garantiu que “Os Ventos do Inverno” desembarca por aqui neste ano: "A não ser que caia um meteorito", reforçou em uma entrevista de rádio.
Cuervo tem autoridade no assunto e provavelmente não daria uma declaração com tamanho teor de certeza se não tivesse provas concretas do que estava dizendo. Mas todos sabem que Martin tem um histórico de adiar a conclusão de seus livros. É fato que ele tem evitado aparições públicas, recusado entrevistas e até mesmo fugido de convenções como a Comic Con, que ele tanto gosta. Tudo isso para se concentrar ao máximo em sua escrita e terminar logo as “Crônicas de Gelo e Fogo”. Por isso, aguardemos com ‘alguma’ certeza.
07 – Carlos Lacerda (Mário Magalhães)
Autor Mário Magalhães
Antes de ‘entrar’ no assunto propriamente dito, gostaria de dizer que Mário Magalhães é o cara. Para quem não sabe, ele foi o autor da premiada biografia de Carlos Marighella. E agora, o seu novo trabalho vai contar os últimos 13 anos de Carlos Lacerda, de 1964 a 1977, período em que esteve na oposição a ditadura militar, cuja implantação ele apoiara no primeiro momento.
O autor estará revelando os bastidores da espionagem contra o ex-governador carioca e já conseguiu reunir 4 mil páginas de documentos sobre o assunto, antes sigilosos, produzidos pelas inteligências brasileira, americana e soviética. Vale lembrar que Lacerda foi um dos protagonistas do Golpe de 1964.
Ainda hoje Lacerda estimula paixões, contra e a favor. Magalhães disse que o seu propósito, como na biografia “Marighella'', não será escrever um editorial, decretando sentenças, mas contar escrupulosamente a trajetória de Carlos Lacerda, contribuindo para que cada leitor possa formar seu próprio juízo.
O livro deve sair no fim do ano de 2016.
08 – P.S. Ainda Amo Você (Jenny Han)
Este livro que será lançado pela editora Intrínseca em 21 de janeiro - Ihhh! Tá pertinho! – é a continuação de “Para Todos os Garotos que já Amei”, também da autora Jenny Han, publicado em 2015 pela mesma editora.
“P.S. Ainda Amo Você” conta a história de uma garota chamada Lara Jean, que já teve vários namorados, mas... esses relacionamentos aconteceram somente em sua cabeça.
Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.
Em “Para Todos Os Garotos Que Já Amei”, Lara Jean não fazia idéia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em “P.S.: Ainda Amo Você”, Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.
“P.S. Ainda Amo Você” chegou ao segundo lugar na lista de mais vendidos do The New York Times na semana do lançamento. Outra prova do sucesso da autora dos livros é que os direitos de adaptação “De Para Todos Os Garotos Que Já Amei”  para o cinema foram adquiridos pela produtora do ator Will Smith, a Overbrook Entertainment.
09 – A Sereia (Kiera Cass)
Olha ela aí novamente! Kiera Cass volta a atacar. Como não bastasse “A Corôa” – livro que fecha a saga “A Seleção” – os fãs da autora terão mais um livro para se deliciarem nesse novo ano. Trata-se de “A Sereia”, primeiro livro que a autora escreveu de maneira independente. Depois de algum tempo, quando já estava hiper-famosa, graças ao sucesso do segundo volume da saga “A Seleção”, ela decidiu reescrever a história que será publicada no Brasil pela editora Seguinte. A previsão é de que “A Sereia’ ‘aterrisse’ nas livrarias brasileiras em 26 de janeiro.
Desta vez, Cass deixa a distopia de lado para explorar a mitologia das sereias numa história de amor. E cá entre nós, gostei do enredo. Confira:
Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli.
Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.
E aí, gostou? Então aguarde 26 de janeiro.
10 – Depois de Você (Jojo Moyes)
Milhares de leitores ficaram com o coração apertado ao terminarem a leitura de “Como eu era antes de você”. A galera queria saber o que aconteceu com Lou, personagem que não teve um final feliz no romance. A escritora e jornalista britânica Jojo Moyes recebeu milhares de cartas e e-mails, além de uma verdadeira enxurrada de mensagens nas redes sociais exigindo que contasse o que Lou fez após o fim da história. Por isso, ela resolveu escrever a aguardada sequência que chega às livrarias em 15 de fevereiro.
Moyes explica que essa questão fez com que a personagem nunca saísse de sua cabeça como outros personagens, geralmente, saem. Um dia, a autora acordou com uma idéia e então soube que tinha que escrever a continuação.
No livro, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga a voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.
Espero que esse post tenha lhe ajudado na escolha de boas leituras para 2016.
Inté!


6 comentários:

  1. Não vejo a hora de ter Mr. Mercedes em mãos !

    ResponderExcluir
  2. Maurilei, ainda bem que março esta aí (rs)
    Abcs!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Os livros que você citou parecem que vão ser sucesso mesmo, pelo menos estão sendo bastante aguardados :)
    Ótimo post!
    Já estou seguindo e adorando o blog.
    Abraços.
    Tenho um blog sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida eu ficarei grata: http://cineleva.blogspot.com/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Wilma! Também gostei do seu blog. Li vários posts, principalmente sobre obras literárias e já estou seguindo.
      Abcs!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...