domingo, 1 de março de 2015

Livros “O Segredo” e “O Vendedor de Sonhos: O Chamado” serão adaptados para o cinema

Para os leitores que curtem o gênero ‘auto-ajuda’ já vou avisando para preparar aquele show pirotécnico com uma super bateria de fogos. Cara! Essa notícia irá valer cada centavo gasto com rojões, morteiros, bombas, bombinhas, traques e similares.
Vocês que devoraram as páginas de “O Segredo” de Rhonda Byrne e “O Vendedor de Sonhos: O Chamado” de Augusto Jorge Cury, agora terão a oportunidade de assistir as histórias. Pêra aí, deixe-me explicar melhor. É que já estão sendo anunciadas para 2015 as adaptações cinematográficas dos livros de Byrne e Cury.
“O Segredo” que foi lançado pela Ediouro em 2006, defende que o poder do pensamento positivo pode mudar a vida das pessoas para melhor. Traduzido para 52 línguas, o livro vendeu mais de 28 milhões de cópias e passou 200 semanas na lista de mais vendidos do jornal americano The New York Times. Além do sucesso, o texto recebeu muitas críticas e chegou a ser parodiado pelo programa de humor Saturday Night Live e pela série animada Os Simpsons. Ma, cá entre nós, se o livro não tivesse agradado a maioria dos leitores do gênero não teria vendido 28 milhões de cópias. Concordam?
A prova de que o enredo desenvolvido por Byrne foi um verdadeiro fenômeno é que chegou a render até mesmo um documentário, também lançado em 2006. Eu me lembro que na época, houve uma corrida desenfreada de leitores para adquirir o livro e o documentário. O ‘negócio’ foi meio ‘sinistro’, galera. Alguns chegavam a acreditar que as informações do livro eram algo como uma chave milagrosa que abriria as portas de qualquer emprego, ganhos financeiros, felicidade no amor e por aí vai. Quase pinta um ‘tchan’ de fanatismo.
Na obra, a autora defende a idéia de que "os pensamentos são muito mais do que simples pensamentos". Segundo Byrne, os pensamentos emitem frequências vibratórias que atraem outras frequências semelhantes. Portanto, de acordo com “O Segredo”, se você desejar algo, você irá consegui-lo. Porém, os únicos pensamentos que "atraem" são os positivos. O segredo está em pensar, pedir, acreditar e receber.
Bem, depois de certo tempo, toda essa onda acabou esfriando.
O cineasta escolhido para dirigir a adaptação que deverá a ser produzida em maio deste ano é Raja Gosnell, conhecido por comédias como “Nunca Fui Beijada” (1999) e “Vovó... Zona” (2000). O roteiro será de Bekah Brunstetter, da série “Switched at Birth”.
Segundo o site da revista americana The Hollywood Reporter, a história vai focar em uma jovem viúva e mãe que tem a vida transformada com a chegada de um estranho misterioso. Ele compartilha com ela e seus três filhos a filosofia de “O Segredo”, e os conduz em um novo caminho.
Quanto a “O Vendedor de Sonhos: O Chamado”, quem já leu o livro sabe que a história  se inicia com a tentativa de suicídio de um professor universitário, do alto de um edifício. Diversas pessoas se aglomeram em volta dele, para evitar essa terrível situação. Bombeiros, psiquiatras, psicólogos, policiais, todos se aproximam e tentam convencê-lo a não se matar. Mas as tentativas são em vão, até que um maltrapilho misterioso aparece e com as suas simples e sabias palavras, conversando com o professor, consegue salvar sua vida. A partir de então, o professor universitário, passa a seguir esse simples homem que tinha a grande missão de vender sonhos.
Cada caminho que eles percorrem, acabam encontrando novas pessoas, cada uma com seu devido problema em situações diferentes. Todos ficavam extasiados com as sabias palavras do maltrapilho passando a segui-lo.
O filme não difere quase em nada do livro. Nele, um intelectual perde tudo e decide se matar saltando de um arranha-céus. É nesse momento crucial que ele conhece um homem enigmático que passa pela rua e lhe salva a vida. Depois, esse homem o convida a ir com ele “vender sonhos”.
Vejam bem pessoal, não estou querendo, aqui, desanimar os fãs do livro de Cury e que aguardam com tanta expectativa a sua adaptação cinematográfica, mas é que as notícias sobre o assunto ficaram muito escassas.
Para que vocês tenham uma idéia do que estou falando escrevendo, basta dizer que desde 2012 estão anunciando a produção desse filme. E o mesmo burburinho continuou em 2013, em 2014 e prossegue em 2015. Inclusive, dizem que o filme estréia neste ano, mas confesso que não consegui encontrar os nomes de diretor, atores e roteiristas. A única informação concreta sobre o assunto, diz respeito à compra dos direitos da obra de Cury para as filmagens  que foi feita pelo produtor LG Tubaldini Jr.. No mais... ‘nadica de nada’. Por isso aguardemos.
Inté a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...