terça-feira, 16 de dezembro de 2014

“A Coisa” de Stephen King será adaptado para os cinemas em 2015. Livro dará origem à dois filmes



Se o Kid Tourão não estivesse um pouco desanimado  por causa de sua  doença, com certeza, ele iria exclamar ao tomar conhecimento desse post: “E lá vem ele novamente com esse Kinga!” Acredito, também, que muitos leitores devem estar fazendo exclamação semelhante, já que esse blog não tem por objetivo tratar de assuntos exclusivos relacionados à Stephen King.
Digo isso porque mal acabei de escrever um post sobre o mestre do terror e lá vem eu com um novo assunto sobre o cara. Sem contar os inúmeros posts sobre obras do autor que constam nesse espaço. Fazer o que né galera? Desculpem-me, mas é que não poderia deixar passar em branco essa novidade sobre o melhor livro que King já escreveu em toda a sua vida; pelo menos para mim: “A Coisa”. E quando falamos sobre esta obra, não podemos esquecer do maligno palhaço Pennywise ou Parcimonioso; como queiram.
E a verdade mais do que verdadeira e que tal novidade vale um IAHUUUUUUUU!!... e com todas as letras maiúsculas. Afinal de contas o diabólico palhaço irá invadir as telas dos cinemas.
Cary Fukunaga, diretor de "A Coisa"
Juro que eu já estava perdendo as esperanças de ver a criação máxima de King nos cinemas. Cara, o projeto estava travado, não evoluía. Desde 2009 que a mídia vinha anunciando que “A Coisa” ou “It” iria disparar para as telonas, mas o tempo foi passando, passando e nada. E, assim, o ninguém mais falou sobre o assunto que acabou caindo no esquecimento. Mas, de repente, há alguns dias atrás, os meios de comunicação impressos e eletrônicos voltaram bombando com o papo da adaptação cinematográfica. E voltaram com um papo firme, nada de furado, já que as reportagens publicadas trouxeram vários detalhes do filme, alguns deles fornecidos pelo próprio diretor, e... bem... você sabe quando um diretor solta a língua é por que o danadão já está com o cargo confirmado.
Ah! Querem saber quem estará sentado naquela cadeirona toda imponente com o seu nome escrito em letras garrafais no encosto e comandando tudo atrás das câmaras?
Ok, eu conto. O eleito para conduzir a obra prima do medo criada por King se chama Cary Fukunaga que dirigiu e produziu a série “True Detective”. Ele é considerado um dos principais nomes em ascensão do mercado audiovisual estadunidense. O seriado leavado ao ar pela HBO foi contemplado com o Emmy de Direção Excepcional para Série Dramática em 2014, mas Fukunaga também assina a direção de longas como Jane Eyre (2011, estrelado por Mia Wasikowska e Michael Fassbender) e Sin Nombre (2009), este último detentor de 15 prêmios do circuito norte-americano. Fukunaga é considerado uma das principais revelações do Laboratório de Direção do Sundance Institute.
Olha, cá entre nós, acho que o cara tem pedigree para conduzir na telona a adaptação de um dos melhores e maiores livros de King, tanto no que diz respeito ao tamanho e na qualidade.
Enganam-se aqueles que pensam que a segunda adaptação de “A Coisa” (a primeira foi exibida na forma de seriado na TV americana e depois
lançada apenas em vídeo no Brasil) está sendo feita de afogadilho. Consta que Fukanaga está metido no projeto há uns três ou quatro anos. Sua intenção, segundo o produtor Dan Lin – que também ajudou a produzir “True Detective - é a de fazer um filme de ponta e não apenas um blockbuster.
Lin disse que o livro é tão épico que o seu enredo não poderia ser adaptado em apenas um filme, sem dar a profundidade que os personagens merecem. Por isso já foi confirmado por toda a equipe de produção que “A Coisa” terá duas partes. Uhauuuu!! Que beleza!! Imaginem-se só, vamos ter dois filmes com o palhaço Parcimonioso! A primeira parte contará a história dos protagonistas em sua infância, enquanto o segundo filme segue a batalha contra A Coisa com os personagens já adultos.
 Fukunaga teria contrato para dirigir apenas o primeiro longa, mas as informações da revista Vulture, especializada em sétima arte, é a de que que já ocorrem conversas para que o diretor escreva o roteiro do segundo.
Na trama, um grupo de garotos volta para a sua cidade natal depois de crescidos para cumprir uma promessa: enfrentar o palhaço Pennywise, uma criatura disfarçada que está assassinando crianças.
Aqueles que quiserem conhecer mais a fundo o livro escrito por King basta acessar aqui.
As primeiras cenas da adaptação cinematográfica de “A Coisa” começarão a ser gravadas em março do ano que vem. Segundo Lin e Fukunaga a idéia é começar a preparação em março para um lançamento no verão americano.
Aguardemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...