quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Sai em março nova biografia de Justin Bieber

Apesar de, com toda certeza e toda convicção, não comprar esse livro que será lançado em março, tenho o dever de escrever algumas linhas sobre “Justin Bieber – Fama, Fé e Coração” da jornalista Cathleen Falsani, em consideração a enorme legião de fãs do cantor e ator de 17 anos.
Não pensem que não vou “com a cara” do garoto. Não é isso. Entendam que...bem, a verdade é que a minha geração tinha outros ídolos; digamos que... um pouquinho diferentes. Mas, vamos ao que interessa.
Atenção fãs de Bieber, no mês que vem, provavelmente já na primeira quinzena, vocês poderão conhecer detalhes da vida artística, familiar e espiritual do artista adolescente.
Não esperem nada apimentado ou então revelações surpreendentes sobre a vida amorosa, particular, financeira, etc e mais etc sobre o cantor. E olha que  não precisa ser nenhum gênio para chegar a essa conclusão. Basta prestar atenção na capa da obra. Notaram as três palavrinhas chaves do título: “Fama, Fé e Coração”? Ah! Mais uma coisinha... vejam o nome da editora que estará lançando o livro: “Mundo Cristão”. Todas essas atenuantes credenciam a obra de Cathleen Falsani como “bem comportada”, sem nada que desabone ou intimide o garoto.
A maioria dos releases promocionais que circula na internet, trata “Justin Bieber – Fama, Fé e Coração” como uma obra inteiramente gospel. Dessa maneira, fica evidente que Falsani vai explorar ao máximo o lado espiritual do cantor-ator, ou seja, como foi a sua educação religiosa que o levou a se tornar um cantor temente a Deus e com uma fé inabalável. Fé que inclusive, segundo revelações da autora, fez com que Bieber conseguisse buscar e atingir o equilíbrio necessário para ‘tocar’ a sua vida profissional que passou a ter muitas cobranças, algumas excessivas demais para a sua idade.  Acredito que deve ser interessante conhecer essa faceta de Bieber, pois sabemos, através de exemplos na mídia, como é difícil para alguns jovens cantores lidar com o estrelato que, muitas vezes,  chega de repente e de maneira avassaladora. Grande parte desses talentos acabam se entregando as drogas ou ao álcool por não terem estrutura suficiente para lidar com o outro lado da fama; o lado das cobranças e das exigências. E Justin, quer queiram ou não, conseguiu esse equilíbrio, pelo menos, por enquanto.
O livro mostra ainda como foi a infância do garoto prodígio e como ele chegou ao estrelato, após sua mãe postar vários vídeos seus no Youtube. Para quem não conhece a história, reza a lenda que, por acaso, um produtor musical ao acessar o Youtube viu os vídeos de Bieber, gostou e decidiu fazer um teste com o menino. Pronto, começava a nascer o um dos maiores astros pop do mundo.
Falsani revela com riqueza de informações como foi essa passagem na vida de Bieber e como ele soube aproveitar a oportunidade que se “escancarava” à sua frente.
Mas agora, aqueles fãs que gostariam de conhecer fatos mais apimentados – nem tanto, mas mesmo assim, apimentados – sobre a vida do astro, o conselho é que adquiram um desses dois livros: “Justin Bieber, uma Biografia não Autorizada”, do jornalista britânico Chas Newkey-Burden ou “Justin Bieber”, de Tori Kosara. O primeiro conta como Justin é nos bastidores; aliás, acredito que toda fã morre de curiosidade em saber como é o seu comportamento quando não está cantando ou dançando. Já no livro de Kosara, uma das passagens interessantes envolve a cantora Rihanna. Segundo o autor, Bieber tentou algo mais do que amizade com a cantora de 22 anos que, por sua vez, o rejeitou, pois o achou muito “novinho” para ela. Justin deveria ter na época, 15 ou 16 anos; hoje ele, está perto de completar 18 anos.
Bem, as cartas estão na mesa. Só resta as fãs do astro canadense escolher a biografia que mais desperte o seu interesse: aquela mais apimentada ou aquela mais comportadinha.
Valeu!

4 comentários:

  1. Sou só eu que acho um exagero tanta biografia para uma pessoa sem impacto verdadeiro na história?

    ResponderExcluir
  2. Olha se ele quiser fazer 2,3,4 ou ate 5 biografias é problema dele nao seu. ele vai fazer a segunda biografia dizendo a nova vida a fama imença entao se nao sabe pesquisa!!! é melhor para vc!!!

    ResponderExcluir
  3. Geralmente os famosos fazem uma biografia quando estão lá para seus 15 ou 30 anos de carreira. Talvez Bieber saiba que o sucesso dele é passageiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Passageiro", 2017 ta ai pra mostrar que seu comentário foi inválido, e vai continuar.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...